Convidados

ANTÔNIO P. DE MENDONÇA JUNIOR

ANTÔNIO P. DE MENDONÇA JUNIOR

Experiência em Refinaria de Óleos Vegetais e Neutralização para Biodiesel;
Produção de Biodiesel (Tecnologias: Desmet Ballestra, GEA Wesfalia, Somar e Tecbio);
Startup e comissionamento de três usinas de produção de Biodiesel;
Startup e comissionamento de Glicerina Farmacêutica;
Experiência em Extração Líquido-Líquido refino e neutralização de óleos e gorduras;
Pesquisa e Desenvolvimento na área de combustíveis;
Dimensionamento de equipamentos de processo.

CARIDAD NODA PÉREZ

CARIDAD NODA PÉREZ

Graduada em Engenharia Química pelo Instituto Superior Politécnico José Antonio Echevarria (1983), mestrado em Engenharia Química na Coppe pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1997) e doutorado em Engenharia Química na Coppe pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2001).
Atualmente é professora permanente dos Programas de Pós-Graduação em Engenharia Química e em Química da Universidade Federal de Goiás.
É docente do curso de Engenharia Química da Universidade Federal de Goiás, tem experiência na área de Engenharia Química, com ênfase em Cinética e Catalise Heterogênea, atuando principalmente na área de catálise heterogênea com catalisadores sólidos básicos nas reações de condensação de aldeídos e cetonas.
Atua também na área de validação de limpeza e de processos na indústria farmacêutica. Trabalha na síntese, caracterização e avaliação antitumoral de chalconas e seus derivados, sendo esta sua principal área de pesquisa.

CELSO FLAVIO DA SILVA

CELSO FLAVIO DA SILVA

Técnico em Química Industrial (2001/GO) e Químico Fármaco Industrial (2003/GO) pela Faculdade SENAI – Roberto Mange; Pós Graduado Especialista em Processos Químicos pela Faculdade SENAI – Roberto Mange (2004/GO); Pós Graduado Especialista em Gestão e Engenharia em Cosmetologia, pela Associação Brasileira de Cosmetologia e Faculdade de Ciências da Saúde de São Paulo (2006/SP); Pós Graduado em MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (2010/GO).
Empresário com experiência profissional de dezoito anos no varejo farmacêutico, seis anos no seguimento industrial de processamento em polímeros e dez anos na fabricação, desenvolvimento e comercialização de produtos cosméticos.
Foi  presidente do Sindicato dos Proprietário de Farmácias e Drogarias do Município de Anápolis por oito anos.
Atualmente é Presidente e Coordenador Executivo do Arranjo Produtivo Local de produtos de Higiene Pessoal Perfumaria e Cosméticos – GO,  Vice Presidente do Sindicato das Indústrias Químicas do Estado de Goiás, Conselheiro na Câmara de Comercio Exterior Brasil/Paraguai e membro do Conselho Temático de Comércio Exterior da Federação das Indústrias do Estado de Goiás.

CHRISTIAN GONÇALVES ALONSO

CHRISTIAN GONÇALVES ALONSO

Trabalha como Professor Adjunto no curso de Engenharia Química do Instituto de Química da Universidade Federal de Goiás - UFG.
Possui graduação em Engenharia Química pela Universidade Estadual de Maringá (1999), mestrado em Engenharia Química pela Universidade Estadual de Maringá (2003) e doutorado em Engenharia Química pela Universidade Estadual de Maringá (2008).
Possui experiência na área de processos catalíticos e reatores químicos, com ênfase em catálise heterogênea, atuando principalmente nos seguintes temas: preparação e caracterização de catalisadores, catalisadores sol-gel, reatores químicos, cinética química, hidrogenação seletiva, produção de hidrogênio, reforma a vapor do etanol e reforma a vapor do metanol.
 

DANIEL PASQUINI

DANIEL PASQUINI

Possui graduação em Licenciatura em Química pela Universidade Federal de Uberlândia (1998), mestrado em Ciências (Físico-Química) (2000) e doutorado em Ciências (Físico-Química) (2004) pela Universidade de São Paulo (2004). Realizou estágio de dourotado (2003) e Pós-doutorado (2005) no exterior, na École Française de Papeterie et des Industries Graphiques de Grenoble, França.
Exerceu cargo de coordenador do grupo de Pesquisa e Desenvolvimento em Tintas no laboratório de Pesquisa e Desenvolvimento da empresa A.W. Faber-Castell S.A. de 2004 a 2008. Atuou como Investigador Auxiliar da Universidade de Aveiro, no CICECO - Centro de Investigação em Materiais Cerâmicos e Compósitos entre 2008 e 2009.
Atualmente é Professor Adjunto no Instituto de Química da Universidade Federal de Uberlândia onde também é coordenador do Programa de Pós-graduação em Biocombustíveis e credenciado como membro permanente neste programa, podendo orientar em nível de mestrado e doutorado.
Desenvolve atualmente projetos relacionados com a valorização de macromoléculas vegetais, modificação química destas macromoléculas, desenvolvimento de novos materiais derivados de resíduos de fontes renováveis para aplicações como materiais poliméricos para aplicações diversas, tais como compósitos, nanocompósitos, nanofibras, nanopartículas esféricas e membranas.
Atua também em projetos voltados à cadeia produtiva de Bioetanol e Biodiesel. Possui os cargos de vice secretário da SBQ regional Minas e vice diretor da ABPol regional Minas.
 

DANNS PEREIRA BARBOSA

DANNS PEREIRA BARBOSA

Possui graduação em Química pela Universidade Federal de Goiás (2004), mestrado em Química pela Universidade Federal de Goiás (2007) e doutorado em Química pela Universidade Federal da Bahia/Université de Poitiers (2011).
Atualmente é pesquisador colaborador do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás e Professor na Pontifícia Universidade Católica de Goiás PUC-Goiás.
Tem experiência na área de Química, com ênfase em síntese e caracterização de polímeros, catálise heterogênea e catálise ambiental.
Atuando principalmente na síntese de resina de troca iônica e polímeros condutores, no tratamento térmico, pirólise, preparação de catalisadores, desidrogenação do etilbenzeno e redução catalítica de nitrato e nitrito em água.

ESTEVÃO FREIRE

ESTEVÃO FREIRE
Doutor pelo Programa de Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2007), mestre em Ciência e Tecnologia de Polímeros pelo Instituto de Macromoléculas Professora Eloisa Mano/UFRJ e graduado em Engenharia Química pela Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
É Professor Adjunto II na Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde atua no Departamento de Processos Orgânicos da Escola de Química no ensino de graduação e pós graduação, no Programa de Pós graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos e no Mestrado Profissional em Engenharia Ambiental.
Foi Vice-Diretor da Escola de Química de janeiro de 2014 a outubro de 2015 e Coordenador do Curso de Engenharia Química - noturno da Escola de Química da UFRJ de 2010 a 2015.
É Diretor de Assuntos Internacionais da Associação Brasileira de Química desde 2013.
Seus principais interesses em pesquisa são processamento e caracterização de materiais poliméricos, propriedade industrial, gestão e inovação tecnológica na indústria química e estudo de cadeias produtivas com foco em processos verdes.

FELIPE ROSSETO

FELIPE ROSSETO

‎Atualmente é Supervisor de Qualidade na AmBev.
Foi Supervisor de Processo de Cerveja e Qualidade da empresa.
Formação: Universidade Ambev, Fundacao Getulio Vargas / FGV, Universidade Federal de Uberlândia.

 

ÍTALO LACERDA FERNANDES

ÍTALO LACERDA FERNANDES

Bacharel em Química Industrial pela Universidade Estadual de Goiás - UEG (2011). Mestrado em Engenharia Agrícola (Linha: Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental) pela UEG (2013). Doutorado em andamento em Nanociência e Nanobiotecnologia (Interdisciplinar: Engenharia/Tecnologia/Gestão) - Universidade de Brasília, UnB (2016).
Atualmente é Coordenador de Pesquisa e Professor efetivo do IF Goiano - Câmpus Posse/GO.
Leciona no ciclo básico e tecnológico de Química.
Vice-presidente da Associação Brasileira de Química, ABQ - Regional Goiás.
Possui experiência com Saneamento Ambiental, Fotocatálise Heterogênea, Tecnologias de Tratamento e Análises Físico-Química para Água e Efluentes, Desenvolvimento e Validação de Metodologias Analítica, Estatística e Controle de Processo, e Processos Industriais e suas Tecnologias.

JEFFERSON ARAUJO

JEFFERSON ARAUJO

Muito Experiente em processos ambientais complexos, tais como: Tratamento de Efluentes (Anaeróbio/Aeróbio), Biogás, Economia Verde, Resíduos Sólidos (incluindo LogRev), dentre outros. 
Experiente nas áreas de Produção, Qualidade, P&D (ambiental e produto) e Processos (Gerenciamento de Rotina de áreas diversas).
É Gerente de Meio Ambiente da Laticínios Piracanjuba.
Foi Gerente de Meio Ambiente Corporativo da Laticínios Bela Vista.
Foi Gerente de Desenvolvimento e Processos da Champion Saúde Animal.
Foi Gerente de Qualidade e Meio Ambiente da Química Amparo Ypê.

 

JOYCE ROVER ROSA

JOYCE ROVER ROSA

Possui graduação em Química Industrial pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (2006), mestrado em Biologia Molecular e Celular pela Universidade Federal de Goiás (2009) e doutorado em Química pela Universidade Federal de Uberlândia-MG, cujo projeto focou a utilização de resíduos lignocelulósicos para obtenção de polióis para aplicação na produção de poliuretanos.
Atualmente é professora temporária na Universidade Estadual de Goiás, no curso de farmácia, onde ministra disciplinas que contemplem a área de Química.
Tem experiência na área de Química de Polímeros, Biologia, Microbiologia do Solo e Tratamento de água, atuando principalmente nos seguintes temas: biomassa vegetal; caracterização e oxipropilação de resíduos lignocelulósicos; análises térmicas DSC e TGA; análise de produção de RPUs; biomassa microbiana do solo; análises bromatológicas de plantas forrageiras; análises físico-químicas de água e; etapas de processo de tratamento de água.

MARCOS DOS REIS VARGAS

Possui graduação em Química Industrial pela Universidade Estadual de Goiás (2006), mestrado em Ciências Moleculares pela Universidade Estadual de Goiás (2009) e doutorado em Química com área de concentração em Físico-Química pela Universidade de Brasilia (UnB) (2015).
Atuou como professor da Faculdade de Tecnologia SENAI Roberto Mange e do Centro Universitário de Anápolis - UniEVANGÉLICA.
Atualmente é professor do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG), Campus Goiânia e possui experiência na área de Química, com ênfase em Tecnologia Química, Química Teórica, Termodinâmica Química e Química de Materiais.
É Presidente da ABQ-Regional Goiás. 

MARCOS ROBERTO TEIXEIRA HALASZ

MARCOS ROBERTO TEIXEIRA HALASZ

Possui graduação em Engenharia Química pela Universidade Federal Fluminense (1995), mestrado em Engenharia Química pela COPPE/UFRJ (1998) e doutorado em Engenharia Química pela COPPE/UFRJ (2002).
Atualmente é professor titular das Faculdades Integradas de Aracruz e Vice Presidente do Conselho Regional de Química 21ª região ES.
É Perito Autônomo da Receita Federal em Vitória e membro da Câmara de Assessoramento em Engenharia da Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo (FAPES).
Tem experiência na área de Engenharia Química, com ênfase em Operações de Separação e Mistura, atuando principalmente nos seguintes temas: efluentes gasosos, efluentes líquidos, processos de separação sólido-líquido, líquido-líquido e sólido-gás.


PAULO SERGIO PEREIRA

PAULO SERGIO PEREIRA

Graduação em Química Industrial pela Universidade de Ribeirão Preto (1991), graduação em Engenharia Química pela Universidade de Ribeirão Preto (1992), mestrado em Química Orgânica pela Universidade de São Paulo (1995) e doutorado em Química Orgânica pela Universidade de São Paulo (1999).
Atua na área de Química, com ênfase em Química dos Produtos Naturais, principalmente nos seguintes temas: plantas do cerrado, microorganismos, biotecnologia vegetal e ensaios enzimáticos.
 



RENATO CANDIDO DA SILVA

RENATO CANDIDO DA SILVA

Possui graduação em Química pela Universidade Federal de Goiás (2008). É Servidor Público Federal (REGIME JURÍDICO PERMANENTE) e faz parte quadro de profissionais da Universidade Federal de Goiás.
Atualmente, é membro do quadro de Coordenadores do Programa Nacional das Olimpíadas de Química, atuando como Coordenador desde o ano de 2009.
É Dirigente da Associação Brasileira de Química do Estado de Goiás, na função de Diretor-Secretário Geral.
Atuou como Coordenador de eventos na área química de carater regionai, nacional e um internacional, a Seletiva para a 43rd International Chemistry Olympiad,Turquia em 2011. Representou o Programa Nacional da Olimpíadas de Química no Evento Sociedade Brasileira de Progresso à Ciência (SPBC) realizada em Goiânia no Ano de 2011.
É Coordenador da Olimpíada Brasileira de Química no Estado de Goiás.
As linhas de pesquisa que atua são: Lúdico no ensino de química; ética no ensino de química; energia nuclear no ensino de quimica e análise físico- química de metais em recursos hídricos. Atualmente é Conselheiro de Extensão, Ensino e Pesquisa da Universidade Federal de Goiás.
Em 2013, tornou-se coordernador do Projeto Prática Motivadoras na Escola Pública do Estado de Goiás financiado pela Capes e é Professor do Curso da Faclions no Curso de Gestão Ambiental e Alimentos e Bebidas e da Faculdade Delta.

ROBERIO FERNANDES ALVES DE OLIVEIRA

ROBERIO FERNANDES ALVES DE OLIVEIRA

Graduado em Engenharia Química pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e Licenciatura em Química Aplicada pela Universidade Federal de Alagoas, Especialista em Análise Instrumental pelo CEFET Minas Gerais, specialista em Gestão de Resíduos Urbanos, Especiais e Industriais; Contaminação de Solos e Águas Subterrâneas; Contaminação de Águas e Processos de Depuração.
Atividades Profissionais: Presidente da ABQ; Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RJ; Professor convidado em cursos de MBA na área de Planejamento e Gestão Ambiental e de Gestão da Qualidade.
Foi Vice-Presidente da ABQ Regional RJ e Coordenador de Cursos da ABQ. 

SARAH SILVA BRUM

SARAH SILVA BRUM

Possui graduação em Química pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2004), mestrado em agroquímica (2007), e doutorado em agroquímica (2010) pela Universidade Federal de Lavras.
Foi bolsista de Pós-Doutorado Junior do CNPq no Instituto de Química da Universidade de Brasília e atualmente é professora adjunta neste mesmo instituto.
Tem experiência na área de Química, com ênfase em catálise para o desenvolvimento de Tecnologias de conversões de biomassa em Biocombustíveis e materiais. Atuando principalmente nos seguintes temas: Biomassa, Aproveitamento de resíduos agroindustriais, síntese de catalisadores sólidos ácidos para produção de biocombustíveis (biodiesel e etanol de segunda geração), Materiais Adsorventes (carvão ativado, Hidrogéis e materiais hidrofóbicos).

SERGIO BOTELHO DE OLIVEIRA

SERGIO BOTELHO DE OLIVEIRA

Possui graduação em Química Industrial pela Universidade Federal da Bahia (1992) e mestrado em Química pela Universidade Federal de Goiás (2001), Doutorado em Catálise pela UFBa (2007) e Pós-Doutorado pela Université de Poitiers - França (2010).
Experiência profissional em processos e análise química de indústria petroquímica e tratamento de água.
Professor de ensino superior do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, Ex-conselheiro do Conselho Regional de Química XII, Ex-professor Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial extra quadro. Professor do Programa de Mestrado Profissional em Tecnologia de Processos Sustentáveis (Área Interdisciplinar III: Engenharia/Tecnologia/Gestão).
Coordena projetos internacionais de Ciências e Tecnologia Ambiental.
Vice-Presidente da Associação Brasileira de Química-GO.
Tem experiência na área de Química, com ênfase em materiais, Cinética Química e Catálise, atuando principalmente nos seguintes temas: efluentes, termodegração, elastômeros, catálise, tecnologias limpas e energias renováveis argilas e bio-polímeros.
Faz parte do comitê deliberativo da Aliança Francesa de Goiânia.

WAGNER DA SILVA LIMA

WAGNER DA SILVA LIMA

Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Goiás (1992), especialização em Regulação do Setor Elétrico e Gás pela Universidade de São Paulo (2001), mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual de Campinas (1996) e doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade de São Paulo (2003).
Atualmente é consultor da Companhia Energética de Goiás, Consultor Técnico da Construtora Mad Ltda. e Professor Adjunto da Universidade Federal de Goiás. Tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em Sistemas Elétricos de Potência, atuando principalmente nos seguintes temas: Mercado de Energia Elétrica, Análise de Risco, Geração de energia elétrica, Engenharia Financeira, Mercado de Futuros e Derivativos.



WENDELL KARLOS TOMAZELLI COLTRO

WENDELL KARLOS TOMAZELLI COLTRO

Bacharel em Química pela Universidade Estadual de Maringá (2001), Mestrado (2004) e Doutorado (2008) em Ciências (Área de concentração: Química Analítica) pela Universidade de São Paulo. Realizou estágio de doutorado no exterior (sandwich) na "The University of Kansas" (2006) sob a supervisão da Profa. Dra. Susan M. Lunte - e estágio de pós-doutorado na Universidade de São Paulo (2008-2009).
Atualmente é Professor Adjunto IV no Instituto de Química da Universidade Federal de Goiás.
Tem experiência na área de Química Analítica com ênfase em Instrumentação Analítica, Microfabricação, Microfluídica, Eletroforese, Detecção Eletroquímica e Química Forense.
Atua no desenvolvimento de microssistemas eletroforéticos, dispositivos microfluídicos em materiais com custo "quase zero", dispositivos analíticos via impressão 3D, microrreatores enzimáticos e sensores eletroquímicos descartáveis.

WILSON MOZENA LEANDRO

WILSON MOZENA LEANDRO

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1987), mestrado em Solos e Nutrição de Plantas pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (1992) e doutorado em Produção Vegetal pela Universidade Federal de Goiás (1998).
Atualmente é Prof Associado III da Universidade Federal de Goiás.  
Tem coordenado projetos financiados por empresas privadas (Bioativo, Unilever, Mosaic, Stefani, Hebert Hebert Johnson, Mineradora Santo Expedito etc) com ênfase em Fertilidade do Solo e Adubação, principalmente nos seguintes temas: solos cerrado, análise foliar, glycin.max, DRIS, manejo de solos.
Atualmente coordena os projetos "Sistema Integrado de Diagnose e Recomendação (DRIS) para a cana-de-açúcar orgânica em Goianésia, GO (Edital 070/2008 do CNPq) e "Sistema Integrado de diagnose e Recomendação para a cana-de-açúcar orgânica em Goiatuba, GO, em cooperação com a Universidade de Granma em Cuba (Edital 060/2008). Coordena também os Projetos "Agricultura Familiar em Goias: Extensão Tecnológica para Conversão A Processos Agroecológicos (Edital 007/2008)" e "Melhoria das condições socioeconômicas da agricultura familiar em Goiás por meio do desenvolvimento científico e tecnológico em base agroecologica (Edital 029/2009)". Atualmente coordena, junto com IFGOIAS e LANAGRO o projeto de cooperação bilateral com a Alemanha, financiado pela CAPES/DAAD/GIZ com a Faculdade de Ciências Agrárias e Ambientais da Universität Rostock, Alemanha (Edital I-NOPA 2013) com missões técnicas e de Estudos a serem realizadas em 2014. A temática é a otimização da produção de metano a partir de resíduos da Industria de Bioetanol. Atualmente coordena o nucleo de pesquisa e extensão do territorio do Rio Vermelho em Goias e da Rede Centro Oeste de Agroecologica.