Convidados

ALBENONES JOSÉ DE MESQUITA

Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Goiás - UFG (1978), mestrado em Medicina Veterinária (Higiene Veterinária, Processamento e Tecnologia de Produtos de Origem Animal) pela Universidade Federal Fluminense - UFF (1983) e doutorado em Microbiologia pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo - USP (1991).
É professor titular aposentado da Universidade Federal de Goiás.
Foi diretor da Fundação de Apoio à Pesquisa da UFG de 2006 a 2009.
Desde 2010 é diretor científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás – FAPEG.

ALINE ALVES DE OLIVEIRA

 

Bacharel em Química Industrial, Pós Graduada em Gestão e Tecnologia em Engenharia Cosmética.
Gerente Técnica - Resp. Técnica na Biocap Indústria de Cosméticos Ltda.
Atuando no Gerenciamento das atividades da área técnica, pesquisa e desenvolvimento de produtos cosméticos, testes e estudo de custo para novos projetos, Controle e Garantia da Qualidade com validação de processo e acompanhamento de produções, elaboração de POPs, elaboração de relatórios de não conformidades, e indicadores, treinamento de funcionários, área de Assuntos Regulatórios, com desenvolvimento da documentação técnica, elaboração do dossiê do produto, processos e especificações, supervisão e adequação dos textos de artes e de embalagens em relação a ANVISA, e Parceria e apoio ao
Marketing, com suporte SAC e mídias sociais, participação no plano de lançamentos anual junto ao marketing e estratégias de marketing por produto.

 

ARISTEU GOMES TININIS

Possui graduação em Engenharia Agrícola (inc), Licenciatura em Química pela UNESP (2001) e Doutorado Direto em Química pela UNESP (2005).
Realizou atividades junto ao Departamento de Química Orgânica do Instituto de Química da UNESP - FUNDUNESP, como jovem pesquisador.
Foi coordenador de subprojeto na implantação dos nove laboratórios de Biodiesel da Região SUDESTE (FINEP).
Tem experiência na área de Química Analítica e Química Orgânica, com ênfase em desenvolvimento, otimização, validação e utilização de métodos analíticos para amostras complexas (Materiais, Produtos Naturais, biocombustíveis, Combustíveis, energias renováveis e efluentes/ águas).
É líder do grupo de pesquisa em Bicombustíveis do IFSP, certificado pela IES.
Publicou vários artigos em revistas qualis A e B, possui duas patentes (2005 e 2009), orientou alunos de IC, de especialização e de mestrado. Professor D41 do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de São Paulo - campus Matão, e Membro do Conselho Superior do IFSP.
Atuou como Diretor de pesquisa do IFPA Campus Belém sendo responsável por 102 projetos de pesquisas envolvendo as áreas de materiais, química, física, saneamento, energia, energia renovável, biologia, pesca, metalurgia, tecnologias educacionais, entre outros.
Foi diretor de administração do Campus Belém-IFPA.
Atua em comitês do CNPQ e FINEP como consultor de projetos. Atualmente é Coordenador de incentivos ao desenvolvimento tecnológico, junto a SETEC, MCTI.
 

ESTEVÃO FREIRE

Doutor pelo Programa de Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2007), mestre em Ciência e Tecnologia de Polímeros pelo Instituto de Macromoléculas Professora Eloisa Mano/UFRJ e graduado em Engenharia Química pela Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
É Professor Adjunto II na Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde atua no Departamento de Processos Orgânicos da Escola de Química no ensino de graduação e pós graduação, no Programa de Pós graduação em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos e no Mestrado Profissional em Engenharia Ambiental.
Foi Vice-Diretor da Escola de Química de janeiro de 2014 a outubro de 2015 e Coordenador do Curso de Engenharia Química - noturno da Escola de Química da UFRJ de 2010 a 2015.
É Diretor de Assuntos Internacionais da Associação Brasileira de Química desde 2013.
Seus principais interesses em pesquisa são processamento e caracterização de materiais poliméricos, propriedade industrial, gestão e inovação tecnológica na indústria química e estudo de cadeias produtivas com foco em processos verdes.

GIOVANNI BARBARA NUNES

Possui graduação em Curso Superior de Tecnologia em Química Industrial pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (2005).
Atuou como analista químico e processo na Unilever Best Food do Brasil Ltda. Responsável pela implementação de novas metodologias de análises químicas.
Atua na Sanytti Quimica, como responsável técnico com função de Supervisionar Controle de Qualidade, Responsável por P&D de produtos técnicos e saneantes; Implementar atividades analíticas dos produtos acabados e produtos em processo conferindo especificação estabelecida; Responsável pelo processo de tratamento de água usada na indústria; Responsável pelo SGQ do laboratório.

IVAN DA GLÓRIA TEIXEIRA

Possui graduação em Administração pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (1984).
Tem experiência na área de administração.
É 
diretor da Genix Indústria Farmacêutica Ltda e ex-presidente do Sindicato da Indústria Farmacêutica do Estado de Goiás (SINDIFARGO).

JOACHIM WERNER ZANG

Doutorado em Ciências Naturais na Área de Geociências da Johannes Gutenberg Universität Mainz (1994), reconhecido pela UNB (2002).
Desde 2005 professor do Instituto Federal de Goiás – IFG; ministra disciplinas nos cursos de Química e no Mestrado em Tecnologias de Processos Sustentáveis do IFG/Campus Goiânia. Pós-doutorado (CAPES) em andamento na Alemanha, com atividades relacionadas com biogás (Universidade de Rostock) e a aplicação dos co-produtos do biogás no crescimento de plantas (fenotipagem no Helmholtz Research Centre - FZ Jülich), Escola de Agronomia da Universidade Federal de Goiás – UFG.
Responsável no IFG pela cooperação com a Agência de Cooperação Alemã GIZ nos projetos “ProBiogas” e na “Rede Nacional de Avaliação de Substratos” e pelo intercâmbio do IFG com a Universidade de Ciências Aplicadas de Trier, Alemanha (HS Trier) e outras instituições de pesquisa e do ensino superior na Alemanha, como o Centro Alemão de Pesquisa em Biomassas DBFZ, a Universidade de Rostock, o Centro de Pesquisa Jülich (FZ-Jülich), Leibniz Centre for Agricultural Landscape Research (ZALF), o Instituto Fraunhofer, o grupo de biotecnologia CLIB2021.
Como professor do IFG atua juntamente com a Escola de Agronomia da UFG e o LANAGRO/GO no projeto de cooperação bilateral com a Alemanha, financiado pela CAPES/DAAD/GIZ com a Faculdade de Ciências Agrárias e Ambientais da Uni Rostock, Alemanha (Edital I-NOPA 2013) no projeto: „Otimização de fermentação anaeróbia de resíduos da indústria de bioetanol no Brasil: Geração de energia e outros produtos“.
Pesquisador no projeto internacional denominado „No Waste“ do Edital da União Europeia PEOPLE Marie Curie Actions, na chamada FP7-PEOPLE-2012-IRSES sob a coordenação da Universidade de Oulu/Finlândia, com participação de universidades no Brasil, IFG e UFG, ainda na França, Alemanha, Marrocos e China, onde o processo de Carbonização Hidrotermal e a geração de Biogás entram como colaboração brasileira no aproveitamento de resíduos diversos.
Pesquisador nos projetos bilaterais Brasil-Alemanha “PuresBio” e “Ashes” para aproveitamento dos resíduos do processamento da cana-de-açúcar, em parceria com FZ Jülich, CENBIO, ZALF, FRAUNHOFER e CLIB2021.

JOÃO CAETANO NETO

Possui graduação em Engenharia de Computação (2004) e mestrado em Engenharia Elétrica e de Computação (2007) pela Universidade Federal de Goiás e é doutorando em Engenharia de Sistemas Eletrônicos e de Automação - Otimização (2014) pela Universidade de Brasília.
Atualmente é engenheiro de computação da CELG Distribuição S.A., ocupando o cargo de Gerente do Setor de Pesquisa e Tecnologia Aplicada, e professor da Faculdade de Tecnologia SENAI de Desenvolvimento Gerencial - FATESG.
Possui experiência nas áreas de Ciência da Computação e Engenharia Elétrica, com ênfase em Programação e Banco de Dados para Sistemas de Informação Geográfica (SIG) aplicados ao setor elétrico.
Atua principalmente nos seguintes temas: Banco de Dados Espaciais (programação e administração), Desenvolvimento de Sistemas, Migração de Dados e Pesquisa e Desenvolvimento (P&D).

MARCELO XAVIER DE OLIVEIRA

Possui graduação em Tecnologia de Processamento de Dados pela Faculdades Objetivo (1994) e especialização em Administração Geral pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1998).
Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Processamento de Dados.
Atualmente é CEO da Globaltec.

MELCHIADES DA CUNHA NETO

Possui graduação em Engenharia Civil pela Faculdade de Engenharia de Passos (1991), especialização em Administração de Empresas pela Fundação Armando Álvares Penteado (1996), especialização em Gestão Empresarial pelo Fundação Getúlio Vargas – SP (2002) e especialização em Agronegócio pela Universidade Federal de Goiás (2005). A
tualmente é Diretor da Scitech Produtos Médicos Ltda.
Tem experiência na área de Engenharia Biomédica, com ênfase em Engenharia Médica. 

RACHEL MARTINS HENRIQUES

Engenheira Química formada pela Universidade Federal Fluminense em 2001. Possui M.Sc. em Planejamento Energético pela COPPE/UFRJ com a dissertação “Aproveitamento energético dos resíduos sólidos urbanos: Uma abordagem tecnológica”, desde 2004, e D.Sc. em Planejamento Energético pela COPPE/UFRJ com a tese “Potencial para Geração de Energia Elétrica no Brasil com Resíduos de Biomassa através da gaseificação”, desde 2009, com parte da pesquisa desenvolvida na Universidade Católica de Louvain-la-Neuve na Bélgica.
Desde 2002 vem atuando no desenvolvimento de estudos relacionados ao Planejamento Energético, em projetos de geração de energia com resíduos urbanos e agrícolas.
A partir de 2008 passou a integrar o quadro de funcionários da Diretoria de Petróleo, Gás e Biocombustíveis/EPE, em estudos relacionados à Área de Biocombustíveis, com destaque à bioeletricidade da cana-de-açúcar

ROBERIO FERNANDES ALVES DE OLIVEIRA

ROBERIO FERNANDES ALVES DE OLIVEIRA

- Graduado em Engenharia Química pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e Licenciatura em Química Aplicada pela Universidade Federal de Alagoas e graduação
- Especialista em Análise Instrumental pelo CEFET Minas Gerais
- Especialista em Gestão de Resíduos Urbanos, Especiais e Industriais; Contaminação de Solos e Águas Subterrâneas; Contaminação de Águas e Processos de Depuração.

Atividades Profissionais:
- Consultor Ambiental e de Qualidade da QMN - Gestão e Treinamentos.
- Coordenador de Cursos e Consultorias da ABQ.
- Diretor Vice-Presidente da ABQ Regional RJ.
- Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RJ.
- Professor em cursos de MBA na área de Planejamento e Gestão Ambiental e Gestão da Qualidade.

SARAH SILVA BRUM

Possui graduação em Química pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2004), mestrado em agroquímica (2007), e doutorado em agroquímica (2010) pela Universidade Federal de Lavras.
Foi bolsista de Pós-Doutorado Junior do CNPq no Instituto de Química da Universidade de Brasília e atualmente é professora adjunta neste mesmo instituto.
Tem experiência na área de Química, com ênfase em catálise para o desenvolvimento de Tecnologias de conversões de biomassa em Biocombustíveis e materiais. Atuando principalmente nos seguintes temas: Biomassa, Aproveitamento de resíduos agroindustriais, síntese de catalisadores sólidos ácidos para produção de biocombustíveis (biodiesel e etanol de segunda geração), Materiais Adsorventes (carvão ativado, Hidrogéis e materiais hidrofóbicos).

SILVIA SCHREY

1996-2002: Study in general Biology at the Technical University of Braunschweig and the University of Hamburg with focus on plant sciences and molecular biology
2002: Diploma in general Biology, University of Hamburg, Department Molecular phytopathology. Topic: Cell wall proteins of the phytopathogenic fungus Pyrenophora teres
2002-2005: PhD thesis, University of Tuebingen, Department Physiological Ecology of Plants. Topic: Influence of soil bacteria on gene expression of the mycorrhizal fungus Amanita muscaria
2006-2014: Assistant Professor, University of Tuebingen, Institute of Microbiology and Infection Medicine (IMIT). Research on plant associated microbes (fungi and bacteria), induced resistance against pathogens and general plant ecophysiology.
Since 2015: Scientist, Forschungszentrum Juelich. Research on plant nutrient (re)cycling from biogenic residues, alternative biomass plants, and microbial involvement in nutrient uptake from organic residues.
Participation in bilateral cooperation projects Brazil-Germany PuresBio and ASHES. 

WAGNER ALVES VILELA JÚNIOR

Doutorando em Engenharia Elétrica, pela Universidade Federal de Goiás, Mestrado em Sistema de Potência pela Universidade Federal de Itajubá (2013); Pós-Graduação (especialização) no CESE Transmissão pela Universidade Federal de Itajubá (2008) e Gestão de Negócios pela Universidade Federal do Paraná (2003); Graduação pela Universidade Federal de Itajubá (1999).
De 1999 a abril de 2004, foi Engenheiro Eletricista da REDE CEMAT como Coordenador do Setor de Planejamento e Contabilização Energética e com atuações no ONS (medição de fronteira) e MAE;
Desde maio de 2004 é Analista Técnico - Engenheiro Eletricista da CELG DISTRIBUIÇÃO S/A exercendo gerencias de setor e departamentos.
Tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em Sistemas Elétricos de Potência e atualmente foi eleito para Conselho de Administração da CELG PAR (2015/2017).