Convidados

ADEILTON PEREIRA MACIEL

ADEILTON PEREIRA MACIEL

Químico Industrial e Mestre em Química pela Universidade Federal da Paraíba, Doutor em Química pela Universidade Federal de São Carlos.
Atualmente é professor Associado III da Universidade Federal do Maranhão.
Tem experiência na área de Química, com ênfase em Físico-Química, atuando principalmente nos seguintes temas: catálise, biotecnologia e formação de professores.

ADRIANA CRISPIM DE FREITAS

ADRIANA CRISPIM DE FREITAS

Bacharel em Engenharia de Alimentos pela Universidade Federal do Ceará – UFC, em 2006, Mestre em Processos Químicos e Bioquímicos, em 2009, na Engenharia Química da Universidade Federal do Ceará e Doutorado em Processos Químicos e Bioquímicos, em 2013, na Engenharia Química da Universidade Federal do Ceará.
É professora Adjunta III do curso de Engenharia de Alimentos da Universidade Federal do Maranhão e Tutora do Programa de Educação Tutorial da Universidade Federal do Maranhão desde 2014.
Tem experiência na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos, atuando principalmente nos seguintes temas: microbiologia de alimentos, processos fermentativos e produção e caracterização de enzimas microbianas. 

AGNALDO ARROIO

AGNALDO ARROIO

Possui graduação em Química pela Universidade de São Paulo (1996), mestrado em Química (Físico-Química) pela Universidade de São Paulo (1999), doutorado em Ciências (Físico-Química) pela Universidade de São Paulo (2004), graduação em Bacharelado em Imagem e Som: Produção Audiovisual pela Universidade Federal de São Carlos (2004), Pós-doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo (2005) e livre-docência em Ensino de Ciências pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (2011).
Atualmente é professor Associado na Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo.
Orienta e supervisiona mestrado, doutorado e pós-doutorado em Educação e Ensino de Ciências. Representante da América do Sul no International Board IOSTE - International Organization for Science and Technology Education (2010-2012; 2012-2014).
Diretor de Educação - ABQ -Associação Brasileira de Química (2013-2015; 2015-2017), Diretor de Assuntos Internacionais - ABQ (2017-2019), Coordenador do Doutorado Interinstitucional Dinter - UFPI - FEUSP.
Tem experiência na área de Química, Comunicação e Educação, com ênfase em Comunicação Audiovisual no Ensino, atuando principalmente nos seguintes temas: Ensino de Química e Media Literacy. https://www.researchgate.net/profile/Agnaldo_Arroio

AIRTON MARQUES DA SILVA

AIRTON MARQUES DA SILVA

Doutor em Química Inorgânica pela USP (1978), Especialista em Métodos e Técnicas de Ensino pela UFC (1974), Especialista em Química dos Elementos Menos Comuns pela UFC (1974), Engenheiro Químico pela UFC (1970) e Químico Industrial pela UFC (1969). 
Exerceu o Magistério na Universidade Federal do Ceará - UFC (1972 a 1997), aposentando-se como Professor Adjunto IV. Lá desenvolveu pesquisa nas áreas de Química dos Compostos de Coordenação e de Educação em Química, foi Chefe do Departamento de Química Orgânica e Inorgânica e Coordenações de Cursos de Pós-Graduação e Projetos de Pesquisa.
Na Universidade de Fortaleza – UNIFOR, exerceu o Magistério de 1973 a 1974. 
Atualmente é Professor Adjunto 12 da Universidade Estadual do Ceará – UECE, desenvolvendo atividades de ensino, pesquisa e extensão desde 1986, e exercendo no período de 1992 a 2000 o cargo de Diretor do Departamento de Ensino da Pós-Graduação da UECE.
Atua nas seguintes instituições: CRQ-X: Diretor Secretário (1983/1995) e Conselheiro (1983/presnte); ABQ: Diretor de Intercâmbio Nacional (1995/1997), Vice-Presidente (1997/1999), Presidente (1999/2001 e 2001/2003), Diretor de Eventos (2003/presente); ABQ-CE: Presidente (1987/1991, 1993/1995 e 1997/1999), Diretor-Secretário (1983/1987), Diretor de Intercâmbio Científico (1991/1993), Diretor Tesoureiro (1995/1997).

AURO ATSUSHI TANAKA

AURO ATSUSHI TANAKA

Graduação em Licenciatura em Química pela Universidade Federal de São Carlos (1977) , mestrado em Química (Físico-Química) pela Universidade de São Paulo (1982) ,
doutorado em Graduate Studies in Chemistry pela Case Western Reserve University (1986), pós-doutorado pela Laboratoire de Chimie 1 Electrochimie Et Interactions Université de Poitier (1992) e pós-doutorado pela Case Center For Electrochemical Sciences (1989).
Atualmente é Professor Titular da Universidade Federal do Maranhão. Tem experiência na área de Química, com ênfase em Físico-Química. Atuando principalmente nos seguintes temas: oxygen, Macrocycle, Phtalocyanine, Porphyrin.

CLARA VIRGINIA VIEIRA CARVALHO OLIVEIRA MARQUES

CLARA VIRGINIA VIEIRA CARVALHO OLIVEIRA MARQUES

Doutorado em Química pela Universidade Federal de São Carlos em 2010, na linha de pesquisa de Ensino de Química com ênfase em Formação de Professores de Química e Reformulação de Projetos Políticos Pedagógicos de Licenciaturas em Química. Realizou estágio de doutorado em 2008 na Universidade Autônoma de Barcelona-Espanha, sob orientação da profª Drª Neus Sanmartí Puig.
Publicou 4 artigos em periódicos especializados e possui 2 para submissão de análise.
Possui 18 trabalhos apresentados em eventos. Possui 8 itens de produção técnica. Participou de 29 eventos no Brasil e 2 no exterior. Recebeu 2 prêmios e/ou homenagens. Participou da elaboração de projetos pedagógicos de escolas de tempo integral no Estado Maranhão. Em suas atividades profissionais interagiu com 20 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos. Em seu currículo Lattes os termos mais freqüentes na contextualização da produção científica, tecnológica e artístico-cultural são: ensino da química, formação de professores de química, trabalho docente, práticas pedagógicas, curriculos de licenciaturas, história da ciência, análise microbiológica de água e queijos, biossensores amperométricos, pesticidas.

CLEYDSON BRENO RODRIGUES DOS SANTOS

CLEYDSON BRENO RODRIGUES DOS SANTOS

Pós-doutor em Química Medicinal e Modelagem Molecular pela Universidade de São Paulo - USP (Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto/FCFRP). Doutor em Biotecnologia pela Universidade Federal do Amazonas - UFAM (Rede BIONORTE/2014). Mestre em Química pela Universidade Federal do Pará - UFPA (2008) e Graduação em Química Bacharelado pela UFPA (2006).
Presidente da Associação Brasileira de Química - Regional Amapá (2016-2018).
Professor Adjunto da Universidade Federal do Amapá (UNIFAP) e atualmente participa como docente permanente dos Programas de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas da UNIFAP e Pós-Graduação em Química Medicinal e Modelagem Molecular do Instituto de Ciências da Saúde da UFPA (nível mestrado) e do Programa de Pós-Graduação em Inovação Farmacêutica da UNIFAP (nível doutorado) e do Programa de Pós-graduação em Biodiversidade e Biotecnologia (UFAM - Rede BIONORTE) nível doutorado como coorientador/colaborador, bem como dos grupos de pesquisa em Fármacos e Química Computacional Aplicada ambos da UNIFAP.
Realiza trabalho nas áreas de Química Computacional, Modelagem Molecular e ensaios biológicos, a partir de cálculos químico-quânticos, construções de modelos QSAR e farmacofóricos. 

CRISTINA MARIA ASSIS LOPES TAVARES DA MATA HERMIDA QUINTELLA

CRISTINA MARIA ASSIS LOPES TAVARES DA MATA HERMIDA QUINTELLA

Bacharel em Física (Universidade Federal do Rio de Janeiro), em 1985, mestre em Físico-Química (Instituto de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro), em 1993 doutora interdisciplinar em Ciências Moleculares (University of Sussex, UK) e tem diversas capacitações em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia (PI e TT) pela OMPI e INPI.
É Prof. Titular da Universidade Federal da Bahia, onde coordena o LabLaser/IQ/UFBA desde 1994, e atua principalmente em: dinâmica e cinética molecular; espectroscopias; interfaces; biotecnologia, produção e transporte de petróleo; CO2; instrumentação.
Seu grupo ganhou o Prêmio Petrobrás de Tecnologia 4 anos consecutivos (2003 a 2006) em três temas distintos e o Prêmio Inventor Petrobras em 2008 e 2010.
É inventora de 38 patentes, sendo 4 internacionais pelo PCT/INPI/OMPI, e 2 concedidas na Grã-Bretanha e Rússia. Várias tecnologias que desenvolveu são já inovação tecnológica sendo utilizadas pela sociedade por exemplo pelas empresas QUIMIS, PETROBRAS, COSERN, e outras mais novas de base tecnológica atuando, por exemplo no EMBRAPII.

DAVINA CAMELO CHAVES

DAVINA CAMELO CHAVES

Graduação em Ciências Licenciatura pela Universidade Estadual do Ceará (1999), Mestrado em Química Orgânica pela Universidade Federal do Ceará (2002); e Doutorado em Química Orgânica pela Universidade Federal do Ceará (2006).
Atualmente é Professora e Diretora Geral do Instituto Federal de Educação Tecnológica do Maranhão Campus Zé Doca.
Tem experiência na área de Química, com ênfase em Química Orgânica e Bioquímica, atuando principalmente nos seguintes temas: Produtos Naturais, Biocombustíveis, Alimentos e Educação.

DEOCLECIANO AZEVEDO PINHEIRO JÚNIOR

DEOCLECIANO AZEVEDO PINHEIRO JÚNIOR

Formado pela Bräu Akademie-SP em Produção de Cerveja (básico e avançado) e Microbiologia Cervejeira pela Yeast Facts-PR. Químico Industrial graduado pela UFMA, com especialização em Engenharia Ambiental (CEUMA).
Está no mercado há cerca de 23 anos, sendo 10 anos como Técnico Químico de Petróleo na Petrobras, no Maranhão.
Trabalhou nas áreas de Gestão Ambiental na RBM Engenharia-MA, Laboratório da ALUMAR-MA e fez estágio profissional no grupo AMBEV-MA.
Atuou como professor no IEMA na Oficina de Cerveja Caseira. Foi docente no CEMP-MA, nos cursos de Meio Ambiente, em São Luís.

ELSON LONGO DA SILVA

ELSON LONGO DA SILVA

Professor Vinculado a Pós-Graduação do IQ da UNESP. Professor EMÉRITO e Titular do Departamento de Química da UFSCar, professor HONORIS CAUSA da UFPB. Doutor em Físico-Química pelo Instituto de Física da USP-São Carlos.
Publicou mais de 985 artigos em revistas internacionais, Índice H 62, 18.933 citações, possui 32 pedidos de privilégios e gerou mais de 835 trabalhos em congressos nos últimos 13 anos.
Desenvolveu mais de 42 projetos e convênios com os governos Federal e Estadual, e também com empresas (só com a CSN foram mais de 45 Projetos).
Orientou e co-orientou mais de 72 teses e dissertações. Recebeu mais de 20 prêmios e menções honrosas. Mantém forte intercâmbio com instituições nacionais e internacionais de pesquisa na Espanha, França, EUA e Itália.
Diretor do Centro para o Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF/FAPESP), que foram concebidos para o desenvolvimento de pesquisa básica e tecnológica, ensino e transferência de tecnologia ao setor privado.
Membro da Academia Internacional de Cerâmica (World Academy of Ceramics). Academia de Ciências do Estado de São Paulo (ACIESP) e Membro da Academia Brasileira de Ciências.
 

ERNESTO JULIO CALVO

ERNESTO JULIO CALVO

Professor Titular da Universidade de Buenos Aires, Buenos Aires (Argentina); Diretor do Instituto de Quimica, Fisica de los Materiales, Medioambiente y Energia (INQUIMAE); Senior Research Fellow do Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas (CONICET), uma autarquia do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação Produtiva da Argentina.
1975: Licenciado em Química pela Universidade de Buenos Aires, Buenos Aires (Argentina); 1979: Doutorado em Química pela Universidade de La Plata, La Plata (Argentina); 1979-1982: Pós-doutorado no Imperial College of Science and Technology, Londres (Inglaterra); 1983-1984: Pós-doutorado na Case Western Reserve University, Cleveland (Ohio, Estados Unidos). 
LINHAS DE PESQUISA: Baterias de Lítio; Nanotecnologia; Eletroquímica Interfacial; Eletrosíntese.
Orientador de 20 (vinte) teses de Doutorado; Publicou mais de 180 artigos completos em periódicos científicaos indexados.

FABIO ALEJANDRO CARVAJAL FLÓREZ

FABIO ALEJANDRO CARVAJAL FLÓREZ

Graduado em engenharia mecânica pela UIS Colômbia; Mestre na área de transferência de calor e mecânica dos fluidos pela UFU; Doutor em térmica e fluidos pela UNICAMP.
Atualmente, atua como professor nas disciplinas de instrumentação e controle de processos no Curso de Engenharia Química do CCET da UFMA, atuando principalmente nos seguintes temas: instrumentação, controle com logica fuzzy aplicada na automação de processos, uso racional da energia e otimização de processos térmicos e de fluidos.

FREDERICO ANDERSON PASSOS SCHOENE

FREDERICO ANDERSON PASSOS SCHOENE

Doutorando (na área de Síntese de poli (ácido lático) e Mestre (na área de Sensores Poliméricos) em Ciências, em Ciência e Tecnologia de Polímeros, pelo Instituto de Macromoléculas Eloísa Biasotto Mano, UFRJ/RJ (2010) e Gestor Ambiental pela Escola Politécnica da UFRJ/Instituto Brasil PNUMA (2012).
Participou do projeto piloto de Cooperação entre o Estado da Renânia do Norte-Vestfália e o Estado do Rio de Janeiro na área de formação profissionalizante em Polímeros (2009/2010). Graduado em Licenciatura em Química e Bacharel com Orientação Tecnológica em Química pela Fundação Técnico Educacional Souza Marques (1991).
Professor da Escola Sesc de Ensino Médio desde 2009, com atuação na área de Educação em Química.
Parceria na área de Química Verde com a Escola Brasileira de Química Verde UFRJ e FAETEC, com desenvolvimento de estratégias de divulgação e trabalhos.

GILVANDA SILVA NUNES

GILVANDA SILVA NUNES

Doutorado em Química pelo IQ/UNESP-Araraquara,SP (1999) (doutorado sanduíche na Depto de Química Ambiental do CID/CSIC, Barcelona, Espanha - 1997-1998) e Pós-Doutorado em Ecotoxicologia pela Universidade de Perpignan, França (2003-2004).
Professora concursada (área de Química Analítica) no Depto. de Química da UFV (1991-1994).
Atualmente é Professor Associado I do Depto. Tecnologia Química da UFMA.
Desenvolve pesquisas com ênfase em Análise de Traços e Química Ambiental e orienta estudantes de mestrado nos seguintes programas de pós-graduação: Química, Saúde e Ambiente, Sustentabilidade de Ecossistemas e Biodiversidade e Conservação, todos da UFMA.
Foi Coordenadora do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em "Gestão Ambiental nas Empresas" (Convênio UFMA/SEBRAE, 2001-2003). Foi Diretora do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais (Campus IV- UFMA , Chapadinha-MA, 2006-2007). É Consultora SEBRAE nas áreas de Controle de Qualidade Ambiental e Agronegócios. É colaboradora (docente e orientadora) dos cursos de
especialização "Lato Sensu" em Educação Ambiental e Gestão Participativa de Recursos Hídricos (IFMA), Segurança do Trabalho (Faculdade Athenas Maranhense - FAMA) e MBA em Gestão Ambiental (Excellence - Escola de Negócios). É Coordenadora do Núcleo de Inovação Tecnológica da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UFMA.

GILZA MARIA PIEDADE PRAZERES

GILZA MARIA PIEDADE PRAZERES

Graduação em Química Industrial pela Universidade Federal do Maranhão (1987),
mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro
(1977) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de
Janeiro (2003).
Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal do Maranhão, atuando principalmente nos seguintes temas: espectroscopia de força, afm, force spectroscopy, cell-protein interaction e interação células-proteínas.

HAWBERTT ROCHA COSTA

HAWBERTT ROCHA COSTA

Possui graduação em Química Licenciatura pela Universidade Federal do Maranhão (2009). Mestrado em Química Analítica pela Universidade Federal do Maranhão (2012). Doutorado pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Campus Bauru em Educação para a Ciência (2016).
É Professor Adjunto da Universidade Federal do Maranhão no Campus de Bacabal para o curso de Licenciatura em Ciências Naturais.
Também é professor no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática - PPECEM da Universidade Federal do Maranhão no Campus de São Luís.
Atualmente desenvolve atividades na área de Ensino de Química, especialmente no que versa sobre produção e aplicação de Objetos de Aprendizagem e produção de significados pelos alunos no estudo dos conceitos de Química. Além disso, atua em outras áreas da Educação para Ciência como: Educação Ambiental e Divulgação Científica.

HECTOR D. ABRUÑA

HECTOR D. ABRUÑA

Ph.D. Analytical Chemistry, (1980) University of North Carolina, Chapel Hill, North Carolina.
M.S. Chemistry, (1976) Rensselaer Polytechnic Institute, Troy, New York.
B.S. Chemistry, (1975) Rensselaer Polytechnic Institute, Troy, New York. 
Department of Chemistry & Chemical Biology and Energy Materials Center at Cornell University, Ithaca, NewYork, USA.
Professional and Honorary Societies: American Chemical Society, Electrochemical Society, Society for Electroanalytical Chemistry, International Society of Electrochemistry, Phi Lambda Upsilon Honorary Chemical Society.

ISAIDE DE ARAUJO RODRIGUES

ISAIDE DE ARAUJO RODRIGUES

Graduação em Química Industrial pela Universidade Federal do Maranhão (1983),
graduação em Química Licenciatura pela Universidade Federal do Maranhão (1993) e mestrado doutorado em Química (Físico-Química) pela Universidade de São Paulo (2000).
Atualmente é professora Associado II da Universidade Federal do Maranhão.
Tem experiência na área de Química, com ênfase em Eletroquímica, atuando principalmente nos seguintes temas:
Eletrocatálise de pequenas moléculas orgânicas como CO, metanol e etanol. Estudo de superfícies catalíticas modificadas, catalisadores bimetálicos e trimetálicos com platina e outros metais nobres, além de uso de nanopartículas de platina.
Atuando ainda em Ensino à Distância desde 2008.

JANIEYD KARLA CASTRO SOUZA

JANIEYD KARLA CASTRO SOUZA

Possui graduação em Química Bacharelado pela Universidade Federal do Maranhão (2002), graduação em Química Licenciatura pela Universidade Federal do Maranhão (2002), mestrado em Química Analítica pela Universidade Federal do Maranhão (2005) e doutorado em Química pela Universidade Federal da Paraíba (2009).
Atualmente é professor adjunto I da Universidade Federal do Maranhão.
Tem experiência na área de Química, com ênfase em Química Analítica, atuando principalmente nos seguintes temas: meio ambiente, metais pesados, absorção atômica, forno de grafite, gasolina, planejamento experimental.

JEAN CARLOS ANTUNES CATAPRETA

JEAN CARLOS ANTUNES CATAPRETA

Possui mestrado em Química pela Universidade Federal do Maranhão (2008) e graduação em Química pela Universidade Federal de Viçosa (2003).
Atualmente é professor da Universidade Federal do Piauí - UFPI em ensino de química e professor de Educação à distância da UFMA, além de coordenador regional Maranhão do programa nacional das Olimpíadas de Químicaa, e integrante da Olimpíada Piauiense de Química.
Atuando principalmente nos seguintes temas: educação, ensino de química, educação do campo,pesquisa, orientação de pós graduação e graduação, olimpíadas de química e interdisciplinaridade.
Faz parte da diretoria da Associação Brasileira de Química - Nacional e da Regional Piauí.

 

JOACY BATISTA DE LIMA

JOACY BATISTA DE LIMA

Possui graduação em Química Industrial pela Universidade Federal do Ceará (1988), graduação em Química Licenciatura e Bacharelado pela Universidade Federal do Maranhão (2004), Especialização em Educação a Distância pelo SENAC-MA (2007), mestrado em Química - Química Analítica - São Carlos pela Universidade de São Paulo (1991) e doutorado em Química (Físico-Química) pela Universidade de São Paulo (1996).
Atualmente é professor associado da Universidade Federal do Maranhão.
Tem experiência na área de Química, com ênfase em Campos de Coordenação, cinética química e informática aplicada a química, atuando principalmente nos seguintes temas: síntese e caracterização de complexos, cinética e mecanismos de reações, ensino de química, software aplicado a química, ensino médio e software educativo.

JORGE CARDOSO MESSEDER

JORGE CARDOSO MESSEDER

Possui graduação em Química Industrial pela Universidade Federal Fluminense (UFF), mestrado e doutorado em Ciências pelo Instituto Militar de Engenharia (IME).
A gênese de sua titulação acadêmica ocorreu na área da Química Orgânica, com ênfase em Síntese, onde atuou nos seguintes temas: síntese de fármacos e quimioprofilaxia da Doença de Chagas.
Atualmente é professor Associado I do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro onde desenvolve trabalhos nas áreas de Ensino de Ciências/Química, junto aos cursos de Licenciatura em Química e Mestrado Profissional e Acadêmico em Ensino de Ciências.
A sua produção acadêmica se concentra principalmente em temas sobre Ensino de Química/Ciências, tanto na Educação Básica como no Ensino Superior, tendo enfoques em: CTS, Práticas de Ensino, Produção de Materiais Educativos e Relações entre Ensino, Aprendizagem e Pesquisa.
É Diretor da Associação Brasileira de Química. 

JORGE DINIZ DE OLIVEIRA

JORGE DINIZ DE OLIVEIRA

Graduação em Química Industrial pela UFMA e Curso Emergencial de Licenciatura Plena Esquema I pelo CESI/UEMA. Mestrado em Química Inorgânica pela UFC e Doutorado em Química pela UNESP-Araraquara-SP.
Professor adjunto IV da UEMASUL-Imperatriz-MA lecionando Química dos Compostos de Coordenação e Química Ambiental.
Coordenador do Laboratório de Química Ambiental da UEMASUL.
Atua no Programa de Pós-Graduação Mestrado Agricultura e Ambiente da UEMA lecionando Química Agroambiental.
Têm experiência na área de Química com ênfase em Química de Coordenação e Química Ambiental atuando nos seguintes temas: Metais Potencialmente Tóxicos em Ecossistemas Aquático e Terrestres, Fitorremediação de Metais em Solos Antropizados, Bioindicadores, Biossorção e Especiação de Metais em Sedimentos, Águas Superficiais/Intersticiais, Solos e Frutos Inatura. 

JOSÉ GUILHERME SOARES MAIA

JOSÉ GUILHERME SOARES MAIA

Possui graduação em Química Industrial pela Universidade Federal do Pará (1966), mestrado em Química Orgânica pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (1973), doutorado em Química pela Universidade Federal de Minas Gerais (1983) e pós-doutorado em química de alimentos na Universidade de Bonn, alemanha.
É bolsista de produtividade de 1988 até o presente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Professor titular da Universidade Federal do Pará.
Autor de mais de 500 contribuições científicas entre artigos, comunicações e livros.
Tem experiência na área de Química, com ênfase em Química dos Produtos Naturais, atuando principalmente nos seguintes temas: óleos essenciais, aromas, óleos graxos, plantas alimentícias e corantes.

JOSE WALKIMAR DE MESQUITA CARNEIRO

JOSE WALKIMAR DE MESQUITA CARNEIRO

Graduado em Química Industrial (1982) pela Universidade Federal do Maranhão, com Mestrado (1986) e Doutorado (1990) em Química pelo Instituto Militar de Engenharia-RJ e Especialização (1983) na Escola de Engenharia de Lorena.
Ingressou na Universidade Federal Fluminense em 1992, ocupando atualmente o cargo de Professor Titular.
Na UFF exerceu os cargos de Sub-Chefe e Chefe do Departamento de Química Inorgânica, Vice-Diretor do Instituto de Química, Vice-Coordenador e Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Química, Coordenador de Pós-Graduação da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Coordenador de Apoio ao Ensino de Graduação da Pró-Reitoria de Graduação e Coordenador de Planejamento e Desenvolvimento da Pró-Reitoria de Planejamento.
É bolsista do CNPq desde a década de 90, ocupando atualmente o nível 1C. Cientista do Nosso Estado por quatro oportunidades e Coordenador da área de Química da FAPERJ desde 2013. Consultor das principais agências de fomento e Editor do JBCS. Foi recentemente agraciado com a medalha Walter Mors.
O principal tema de pesquisa é a aplicação de métodos da Química Computacional para o estudo de problemas químicos. Publicou 140 artigos científicos, orientou 13 mestres e 13 doutores.

JOSIVANIA MARISA DANTAS

JOSIVANIA MARISA DANTAS

Possui graduação em Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2000), mestrado em Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2002) e doutorado em Ciências pela Universidade Estadual de Campinas (2006). Atualmente é Professor Adjunto da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
Tem experiência na área de Ensino de Química, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de conceitos, solubilidade de compostos iônicos, rejeitos químicos e CTS.
Possui experiência docente no Ensino Médio e no Ensino Fundamental.
Atualmente leciona disciplinas da licenciatura em Química e orienta os estágios supervisionados.

JULIO CARLOS AFONSO

JULIO CARLOS AFONSO

Possui graduação em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1985), graduação em Química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1986), mestrado em Engenharia Química pela COPPE/Universidade Federal do Rio de Janeiro (1987) e doutorado em Engenharia Química pelo Centre National de la Recherche Scientifique/Université Claude Bernard (Lyon I - 1990).
Atualmente é Professor Associado do Departamento de Química Analítica do Instituto de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Tem experiência na área de Química Analítica, com ênfase em Análise de Traços e Química Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: tratamento de resíduos químicos de laboratório, industriais e de exploração/refino de petróleo, poluição ambiental, e processamento de lixo tecnológico, com ênfase em lixo eletroeletrônico. Orienta também trabalhos na área de história e evolução da química. 
Editor da RQI, revista técnica informativa da ABQ.

LUIS CARLOS DE ABREU GOMES

LUIS CARLOS DE ABREU GOMES

Bacharelado e Licenciatura Plena em Química pela Faculdade de Humanidades Pedro II (FAHUPE) em 1986. Atualização em Química para Professores de Ensino Médio realizada durante 1998 na PUC-Rio. Especialização em Ensino de Química para Professores de Ensino Médio pela PUC-Rio em 2000. Atualmente, cursando Mestrado Profissional em Ensino de Ciências no IFRJ Campus Nilópolis.
Atualmente é Professor de Química das seguintes instituições de ensino: - Colégio Pedro II (CPII - RJ), tendo tomado posse em 01/2007; - Colégio Estadual Paulo Freire (SEEDUC - RJ), tendo tomado posse em 02/2005; - Colégio e Curso Prioridade Hum Ltda. (Rede Particular de Ensino - RJ), desde 04/2001.
É membro das seguintes Comissões Organizadoras de Olimpíadas de Química, desde 2008: - OQRJ = Olimpíada de Química do Rio de Janeiro; - OBQ = Olimpíada Brasileira de Química; - OBQJr = Olimpíada Brasileira de Química Júnior. Diretor das Olimpíadas de Química da ABQ - RJ (Associação Brasileira de Química - Regional Rio de Janeiro), desde 2012. Diretor Regional Sudeste da Associação Brasileira de Química (ABQ), desde 11/2015.

MARCELO MOIZINHO OLIVEIRA

MARCELO MOIZINHO OLIVEIRA

Possui graduação em Química Industrial pela Universidade Federal da Paraíba (1994), mestrado em Química Inorgânica pela Universidade Federal da Paraíba (1997) e doutorado em Ciências, área de Concentração Físico-Química, pela Universidade Federal de São Carlos (2002).
Atualmente é professor Associado IV do Departamento Acadêmico de Química do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão - Campus São Luís Monte Castelo e professor do Programa de Pós-Graduação de Engenharia de Materiais e Pós Graduação em Química deste instituto e membro do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Materiais em Nanotecnologia.
Tem experiência na área de Engenharia de Materiais, com ênfase em Cerâmicos, atuando principalmente nos seguintes temas: varistores, SnO2 e nanomateriais, possuindo também trabalhos na área de Educação Química.
É líder do Grupo de Cerâmicas Eletrônicas e do Grupo de Estudos em Química. Foi também professor/pesquisador da Universidade Aberta do Brasil (UAB) pela Educação a Distância do Instituto, onde no momento exerce a função de coordenador do curso de Licenciatura em Química a distância do IFMA-Campus São Luís Monte Castelo.
Recebeu o prêmio de melhor professor pesquisador do IFMA em 2011 e foi indicado ao prêmio FAPEMA 2017, na categoria orientador de mestrado.
Foi bolsista de produtividade da Fundação de Amparo à Pesquisa e Desenvolvimento Científico do Maranhão - FAPEMA no período de 2015-2017 e é vice-coordenador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais do IFMA.

MARCIANO HENRIQUE DE LUCENA NETO

MARCIANO HENRIQUE DE LUCENA NETO

Graduação em Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1996).
Mestrado em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1999).
Doutorado em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2005).
Atualmente é professor contratado pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) ministrando disciplinas do curso de Química e Professor da Rede Pública estadual do Rio grande do Norte, trabalhando com o ensino de química no nível médio

MARIA DE FATIMA VITORIA DE MOURA

MARIA DE FATIMA VITORIA DE MOURA

Possui graduação em Farmácia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1986), mestrado em Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1994) e doutorado em Química (Química Analítica) [Sp-Capital] pela Universidade de São Paulo (1998).
Atualmente é Professora Adjunto III da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
Tem experiência na área de Química Analítica, com ênfase em Análise Térmica, Espectroscopia IV, Espectroscopia de Absorção Atômica, Espectroscopia de Absorção Molecular, atuando principalmente nos seguintes temas: análise de alimentos, análise de medicamentos.

MARIA DO CARMO GALIAZZI.

MARIA DO CARMO GALIAZZI.

Professora titular aposentada na Universidade Federal do Rio Grande. Doutora em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2000) com tese sobre o educar pela pesquisa na formação de professores de Ciências. graduação em Licenciatura em Ciências - Habilitação Química pela Fundação Universidade Federal do Rio Grande (1990), bacharel em Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1979). 
Atuou como professora na Educação Básica no Ensino de Ciências e no Ensino Superior nas disciplinas de Química Geral, Química Orgânica.
Coordenou o Programa Institucional de Incentivo a Docência na FURG  de 2008 a 2017.
Professora no Programa de Pós-graduação de Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde com projetos de pesquisa relativos à formação de professores de Ciências, educar pela pesquisa, educação química, experimentação em sala de aula.
Pesquisa a contribuição da pesquisa na formação de professores assumindo a escrita como dispositivo fenomenológico-hermenêutico produzida em rodas de formação. Desenvolve a metodologia de Análise Textual Discursiva com co-autoria com Prof. Roque Moraes (in memoriam). Traduz Gordon.
Atua no curso de Licenciatura em Ciências EaD. Desenvolve o projeto de extensão Cirandar: rodas de investigação desde a escola. 

MARLON HERBERT FLORA BARBOSA SOARES

MARLON HERBERT FLORA BARBOSA SOARES

Licenciado em Química na Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Mestrado pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), trabalhando com ensino de química analítica. Doutorado em química, também pela UFSCar. Professor do Instituto de Química da Universidade Federal de Goiás. Coordenador o Laboratório de Educação Química e Atividades Lúdicas (LEQUAL), grupo registrado no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq e que também conta com financiamento deste mesmo órgão. Coordenador do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência do curso de Licenciatura em Química do IQ - UFG. Coordenou o estágio de licenciatura por 5 anos. Pesquisador do Núcleo de Pesquisa em Ensino de Ciências (NUPEC) da UFG, com financiamento do CNPq e do FINEP. Publicou 29 artigos em periódicos especializados e 185 trabalhos em Anais de eventos científicos, sendo 25 deles, trabalhos completos. Tem três capítulos de livro publicados e o livro: Jogos em Ensino de Química, teoria, métodos e aplicações. Linhas de pesquisa: Jogos e Atividades Lúdicas Aplicadas ao Ensino de Química; Ciência e Religião; Formação de Conceitos; Inclusão Digital de Professores de Ciências.

MARTA CÉLIA DANTAS SILVA

MARTA CÉLIA DANTAS SILVA

Possui graduação em Química, mestrado e doutorado em Química (Físico-Química) pela Universidade Federal da Paraíba.
Atualmente é professor associado da Universidade Federal da Paraíba no Centro de Energias Alternativas e Renováveis.
Desenvolve projetos de pesquisa na área de Energias Renováveis, com ênfase em Materiais Aplicados às Energias Renováveis: conversão da biomassa em biocombustíveis líquidos.

NELSON RAMOS STRADIOTTO

NELSON RAMOS STRADIOTTO

Graduação em Química pela Universidade de São Paulo, Mestre em Físico-Química pela Universidade de São Paulo, Doutor em Físico-Química pela Universidade de São Paulo, Livre Docente em Química Analítica pela Universidade de São Paulo e Professor Titular em Química pela Universidade de São Paulo. Estágios na University of Southampton, UK, Loughborough University Technology, UK e University of Oxford, UK.
Atualmente é professor voluntário do Instituto de Química da Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" e Professor visitante na Escola de Engenharia Industrial e Metalúrgica de Volta Redonda da Universidade Federal Fluminense.
É o Coordenador Executivo do IPBEN (Instituto de Pesquisa em Bioenergia) da UNESP. O IPBEN integra a infraestrutura do Centro Paulista de Pesquisa em Bioenergia, internacionalmente conhecido como SP BIOEN Research Center (SPBioenRC).
Publicação de 159 artigos científicos, 5 capítulos de livros, 2 livros e 300 trabalhos em anais de congressos científicos. A temática de pesquisa atual está relacionada com Sensores, Detectores Eletroquímicos acoplados com Técnicas Cromatográficas e Métodos Eletroanalíticos na área de Bioenergia, com enfase em Biocombustíveis, Bioprodutos, Biomassa e Biorrefinarias.

OLGA LOCK SING

OLGA LOCK SING

Doctora en Ciencias Químicas por la Pontificia Universidad Católica del Perú; Maestro en Ciencias Químicas por el ITESM, Nuevo León, México; Ingeniero Químico por la Universidad Nacional Mayor de San Marcos. Su especialización en Química Orgánica y su línea Investigativa en Química de Productos Naturales/ Fitoquímica-  Plantas Medicinales y Colorantes Naturales.
Profesora Principal en la Pontificia Universidad Católica del Perú y en la Universidad Nacional Mayor de San Marcos, en donde ejerció el cargo de Decana de la Facultad de Química e Ingeniería Química.
Coordinadora Internacional de la Red Iberoamericana de Productos  Naturales de Uso Medicinal, RIPRONAMED, del Programa CYTED.
Presidenta de la Sociedad Química del Perú, de la Federación Latinoamérica de Asociaciones Químicas, FLAQ, en la que actualmente ocupa el cargo de Secretaria Ejecutiva.
Miembro Correspondiente de la Academia Nacional de Ciencias Químicas, ANC.
Ha publicado obras sobre “Investigación Fitoquímica” (tres ediciones) y “Colorantes Naturales”, así como capítulos de libros y diferentes artículos científicos en revistas especializadas.
Presidenta del XXIV Congreso Latinoamericano de Química, (2000), del XXI Congreso Interamericano de Ingeniería Química (2005), del Congreso Iberoamericano de Química (2008), y del Congreso Iberoamericano 85 Aniversario de la Sociedad Química del Perú (2018).
Ha recibido numerosos Premios y Reconocimientos por sus investigaciones en productos naturales.

OSVALDO RONALD SAAVEDRA MENDEZ

OSVALDO RONALD SAAVEDRA MENDEZ

Doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual de Campinas em 1993.
Atualmente é professor titular da Universidade Federal do Maranhão. É co-fundador do programa de Pós-Graduação de Engenharia de Eletricidade da UFMA, fundador do Núcleo de Energias Alternativas da UFMA, Coordenou a fundação do Instituto de Energia Elétrica na UFMA. Coordenou e/ou participou em mais de 20 projetos de pesquisa e de desenvolvimento, de colaboração nacional e internacional, e de pesquisa aplicada.
Foi presidente do VII SBAI /IEEE-LARS, coordenador local SBRN 2004, coordenador local do 2004 IEEE MLSP e membro freqüente de comitês de congressos nacionais e internacionais. Foi Coordenador da Região nordeste da Sociedade Brasileira de Automática (SBA) e membro do Conselho Superior dessa Sociedade por dois períodos. Foi diretor vice-presidente da SBA pelo biênio 2010-2012 e membro da Comissão de Avaliação Trienal de Área - Engenharias IV- CAPES nos anos 2010 e 2013.
É membro do comitê editorial de várias revistas, membro do CA-EE do CNPq (2016-2018) e coordenador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Energias Oceânicas e Fluviais - INEOF.
 

PAULO ROBERTO BRASIL DE OLIVEIRA MARQUES

PAULO ROBERTO BRASIL DE OLIVEIRA MARQUES

Professor Adjunto III, na Universidade Federal do Maranhão, lotado no Campus VII, na cidade de Codó, desde 2010.
Atuou como membro do corpo docente e pesquisador do Mestrado em Química da UFMA. É membro do grupo de pesquisa NARP e vice-coordenador do grupo de pesquisa em ensino de ciências naturais-GPECN. Concluiu o mestrado em Química pela Universidade Federal do Maranhão em 2002 e o doutorado em Química pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho em 2009. Possui Pós Doutoramento na Universidade Federal de São Carlos (2010).
Efetuou estudos de doutorado sanduíche com o grupo de sensores e biossensores da Universidade Autônoma de Barcelona, com a Profa Dra Isabel Pividori, em Barcelona (2008). Publicou 16 artigos em periódicos especializados e 39 trabalhos em anais de eventos.
Recebeu 4 prêmios e/ou homenagens.
Atua na área de Química Analítica, com ênfase na construção de Biossensores enzimáticos e de DNA. Efetua estudos colaborativos na área de ensino de ciências e na área de interdisciplinaridade.

PAULO ROBERTO DA SILVA RIBEIRO

PAULO ROBERTO DA SILVA RIBEIRO

Possui Graduação em Farmácia com Habilitações em Análises Clínicas e Farmácia Industrial pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2000), Mestrado em Agroquímica (Química Analítica Ambiental) pelo Departamento de Química da Universidade Federal de Viçosa (2002), Doutorado em Química (Química Analítica) pelo Instituto de Química da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2006) e Pós-Doutorado na Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade do Porto - Portugal (2013).
Atualmente, atua como Professor Associado Nível I e Pesquisador do Centro de Ciências Sociais, Saúde e Tecnologia da Universidade Federal do Maranhão, Imperatriz - MA, integra o quadro permanente de professores do Programa de Pós-Graduação em Ciências dos Materiais e atua como colaborador do Programa de Pós-Graduação em Química, ambos desta Instituição.
Tem experiência na área de Química (Analítica e Ambiental), Farmácia (Análise Farmacêutica) e Alimentos (Análise de Alimentos) com ênfase em Métodos Óticos de Análise (Espectrometria de Absorção e Emissão Atômicas, Espectrofotometria de Absorção Molecular com Reflectância Difusa e Espectroscopia NIR e FTIR), Métodos Eletroanalíticos (Voltametria), Análise em Fluxo e Cristalografia. 

REJEANE GONÇALVES SILVA

Mestre em Química pela Universidade Federal de Goiás (2007), Especialista em Toxicologia Aplicada a Vigilância Sanitária pela Universidade Estadual de Londrina
(2009), bacharel e licenciada em Química pela Universidade Federal de Goiás (1997).
Desde 2007 tem atuado no campo da regulação de agrotóxicos como especialista em regulação e vigilância sanitária da Anvisa. Atuou na avaliação de pleitos de registros de agrotóxicos por equivalência, na avaliação de produtos formulados e atualmente atua na Coordenação Pos-Registro e Avaliação de Risco, área responsável por realizar o Programa de Análise de resíduo de Agrotóxicos em Alimentos (PARA) e avaliar o risco à saúde resultante da presença de resíduos de agrotóxicos nesses produtos.

ROBERIO FERNANDES ALVES DE OLIVEIRA

ROBERIO FERNANDES ALVES DE OLIVEIRA

Graduado em Engenharia Química pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e Licenciatura em Química Aplicada pela Universidade Federal de Alagoas, Especialista em Análise Instrumental pelo CEFET Minas Gerais, specialista em Gestão de Resíduos Urbanos, Especiais e Industriais; Contaminação de Solos e Águas Subterrâneas; Contaminação de Águas e Processos de Depuração.
Atividades Profissionais: Presidente da ABQ; Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RJ; Professor convidado em cursos de MBA na área de Planejamento e Gestão Ambiental e de Gestão da Qualidade.
Foi Vice-Presidente da ABQ Regional RJ e Coordenador de Cursos da ABQ. 

SANDRO LEÃO COELHO

SANDRO LEÃO COELHO

Pós Graduação em Engenharia de Produção pela Faculdade Pitágoras (2012), graduação em Química Industrial pela UFMA (2003).
EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL - Consultoria Química na área de Saneantes, Representação de Produtos Químicos para Indústria de Cosméticos, Higiene e Limpeza (Período: 10/2014 - Atual).
- F. C. OLIVEIRA & CIA LTDA – Extração de Óleo Vegetal, Fabricação de Saneantes, Produtos de Higiene e Descartáveis Plásticos. Cargo: Químico Industrial. Gestor de Qualidade e Desenvolvimento de Produtos e Processos; Gestor de Planejamento e Controle de Produção - PCP; Implantação de Sistemas de Avaliação de Conformidade (Inmetro) para embalagens, plásticos descartáveis e aditivos automotivos (Arla 32); Gestor de licenciamento ambiental e sanitário (IBAMA, SEMA, ANVISA, MAPA, etc.). (Período: 08/2003 a 10/2014).

 

SÉRGIO MAIA MELO

SÉRGIO MAIA MELO Químico Industrial e Engenheiro Químico pela UFC. Mestre e Doutor em Química pela Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de química, com ênfase em química inorgânica, ensino de pós-graduação e pesquisas com compostos de coordenação. Membro efetivo da Academia Cearense de Química. Diretor das Olimpíadas da ABQ. Coordena o Programa Nacional Olimpíadas de Química e projetos de extensão na Universidade Federal do Ceará.

SHERLAN GUIMARÃES LEMOS

SHERLAN GUIMARÃES LEMOS

Graduação em Química Industrial pela Universidade Federal do Maranhão (2000) e doutorado em Química pela Universidade Federal de São Carlos (2005). Realizou estágio de pós-doutorado na própria Universidade Federal de São Carlos (2005-2007) e na Universitat Autònoma de Barcelona (2007).
Atualmente é professor associado da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Vice-Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Química da UFPB, Coordenador Geral de Pesquisa e Pró-Reitor Adjunto de Pesquisa da UFPB. É líder do Grupo de Estudos Avançados em Química Analítica, situado na UFPB.
Seus interesses em pesquisa estão mais focados na Química Analítica, principalmente nos seguintes temas: Eletroanálise, Quimiometria, Sensores, Instrumentação Analítica e Espectrometria Atômica.
É bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq (nível 2) desde 2010. Parecerista ad hoc dos principais órgãos de fomento do país e das principais revistas nacionais e internacionais da área de Química Analítica.

SILVANA CARVALHO DE SOUZA CALADO

SILVANA CARVALHO DE SOUZA CALADO

Doutora em Oceanografia pela UFPE (2004), Mestre em Ciências dos Alimentos pela UFPE (1996), Especialista em Saneamento Ambiental pela UFPE (1988), Química Industrial pela UNICAP (1982). Atuação profissional: Na UFPE: Chefe do Laboratório de Controle de Qualidade Departamento de Engenharia Química (desde 1989 até a presente data); Vice-chefe do Departamento de Engenharia Química (1989-1990); Chefe do Departamento de Engenharia Química (1991-1992); Membro de Colegiado do curso de Química Industrial (1992-1996); Coordenadora de Programa Institucional de Qualidade das Águas (1999 até a presente data); No CEFET-PE: Conselheira (2000-2002). No Conselho Regional de Química - Pernambuco: Conselheira (1998-2000); No Conselho Federal de Química: suplente de Conselheiro (2000-2008). Na ABQ-PE: Vice-Presidente (1997-1998); Presidente (1998-2001). Na ABQ Nacional: Vice-Presidente (2001-2003); Presidente (2003-2005); Conselheira Geral (2005-2007); atualmente é Diretora de Relacionamento Institucional.

TERESA CRISTINA RODRIGUES DOS SANTOS FRANCO

TERESA CRISTINA RODRIGUES DOS SANTOS FRANCO

Graduada em Química Industrial pela Universidade Federal do Maranhão (1984), com mestrado em Química (Química Analítica Inorgânica) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1989) e doutorado em Química pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1999).
Atuação em Química Analítica Ambiental com ênfase no desenvolvimento e aplicação de metodologias analíticas para determinação de contaminantes orgânicos em diversas matrizes.
É professora associada IV da UFMA.
Foi Diretora do Departamento de Pós-Graduação da Universidade Federal do Maranhão no período 2007-2015.
Atualmente realiza estudos envolvendo contaminação em ambientes marinhos (tintas antiincrustantes).
É docente permanente do Programa de Pós-graduação em Energia e Ambiente (Mestrado Acadêmico) da UFMA.

VALTER STEFANI

VALTER STEFANI

Possui graduação em Química (Bacharelado e Licenciatura) pela PUCRS(1974), graduação em Ciencias Químicas – UAM-Espanha (1977), doutorado em Ciências Químicas – UAM-Espanha (1983) e estágios de pós-doutorado no IQOG-SCIC de Madrid, Espanha.
Atualmente é Professor Titular junto ao Departamento de Química Orgânica, do IQ-UFRGS.
Tem experiência na área de Química, com ênfase em Química Orgânica, atuando nos seguintes temas: síntese e estudos fotofísicos de heterociclos benzazólicos, fotoquímica orgânica, polímeros orgânicos e materiais híbridos orgânico-inorgânicos fotoluminescentes, síntese e aplicações de quinonas policíclicas e seu uso na reação de Diels-Alder.
Possui também forte atuação na Química Forense, sendo um dos precursores desse tema no Brasil, ministrando cursos e palestras e auxiliando peritos na obtenção de dados analíticos e elaboração de laudos periciais.

WELKISON CHAVES CARVALHO

WELKISON CHAVES CARVALHO

Mestre em Energia e Ambiente na UFMA, Cursando Especialização em Logística Portuária e Direito Marítimo, Especialista em Gestão Interdisciplinar do Meio Ambiente e Educação Ambiental pelo Instituto de Ensino Superior Franciscano - IESF (2015), Pós graduado com MBA em Engenharia de Produção pela Escola de Negócios Excellence - ENE (2014), Graduado em Licenciatura em Química pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnológica do Maranhão - IFMA (2014), Bacharel em Administração pela Faculdade Atenas Maranhense - FAMA (2008) e Técnico em Metalurgia e Materiais pelo Centro Federal de Educação, Ciência e Tecnológica do Maranhão CEFET-MA (2006).
Atualmente trabalha na Operação da Usina Termoelétrica do Porto do Itaqui (ENEVA) com o Projeto de Tratamento de Poluentes Atmosféricos (Dessulfurização dos Gases) e Qualificação das Cinzas.

Patrocinadores

CapesUFMA PSIU Lui Água Mineral FAPEMA CFQ CRQ 11 ASTRO 34 CAMISETA FEITA DE PET

Apoio

IFMA

Realização

ABQ