Convidados

AIRTON MARQUES DA SILVA

AIRTON MARQUES DA SILVA

Doutor em Química Inorgânica pela USP (1978), Especialista em Métodos e Técnicas de Ensino pela UFC (1974), Especialista em Química dos Elementos Menos Comuns pela UFC (1974), Engenheiro Químico pela UFC (1970) e Químico Industrial pela UFC (1969). 
Exerceu o Magistério na Universidade Federal do Ceará - UFC (1972 a 1997), aposentando-se como Professor Adjunto IV. Lá desenvolveu pesquisa nas áreas de Química dos Compostos de Coordenação e de Educação em Química, foi Chefe do Departamento de Química Orgânica e Inorgânica e Coordenações de Cursos de Pós-Graduação e Projetos de Pesquisa.
Na Universidade de Fortaleza – UNIFOR, exerceu o Magistério de 1973 a 1974. 
Atualmente é Professor Adjunto 12 da Universidade Estadual do Ceará – UECE, desenvolvendo atividades de ensino, pesquisa e extensão desde 1986, e exercendo no período de 1992 a 2000 o cargo de Diretor do Departamento de Ensino da Pós-Graduação da UECE.
Atua nas seguintes instituições: CRQ-X: Diretor Secretário (1983/1995) e Conselheiro (1983/presnte); ABQ: Diretor de Intercâmbio Nacional (1995/1997), Vice-Presidente (1997/1999), Presidente (1999/2001 e 2001/2003), Diretor de Eventos (2003/presente); ABQ-CE: Presidente (1987/1991, 1993/1995 e 1997/1999), Diretor-Secretário (1983/1987), Diretor de Intercâmbio Científico (1991/1993), Diretor Tesoureiro (1995/1997).

ALINE THEODORO TOCI

ALINE THEODORO TOCI

Graduada em Química e Química do Petróleo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002), Mestre em Ciências de Alimentos pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2004) e Doutora em Ciências de Alimentos pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2010).
Atualmente é professora adjunta e professora permanente no programa de Pós-graduação em Biociências da Universidade Federal da Integração Latino Americana (UNILA) em Foz do Iguaçu.
Possui ampla experiência na área de Química Orgânica, Química Analítica e Química de Alimentos, com ênfase em técnicas cromatográficas e técnicas espectrométricas. Possui duas grandes áreas de atuação, Meio Ambiente e Química de Alimentos.
No exterior, atuou como pesquisadora no Council for Research and Experimentation in Agriculture - Research Unit for Viticulture and Enology (Itália) com foco nas temáticas: Qualidade de uva de mesa e vinho, análise sensorial de vinhos, quantificação de compostos bioativos em uva de mesa, e influência de diferentes tecnologias de vinificação na composição aromática e aceitação do produto.

ANA CRISTINA TRINDADE CURSINO

ANA CRISTINA TRINDADE CURSINO

Graduada em Química com atribuição em Bacharelado e Licenciatura (2004-2008), Mestrado (2008-2010) e Doutorado em Química Inorgânica (2010-2014) todos pela Universidade Federal do Paraná - UFPR. Fez doutorado-sanduiche na Universidad de Salamanca, Espanha, com colaboração na Universidade de Aveiro, Portugal.
Atua na pesquisa com hidroxissais lamelares e hidróxidos duplos lamelares intercalados e/ou adsolubilizados com moléculas orgânicas para desenvolvimento de aditivos alimentícios e na área do controle de pragas.
Atualmente é professora no Departamento Acadêmico de Química - DAQUI e Coordenadora do Curso de Licenciatura em Química da Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR, Campus Medianeira.
Atua no programa de pós-graduação de Mestrado Profissional em Química em Rede Nacional e é membro do conselho editorial da Revista Eletrônica Científica Inovação e Tecnologia.  

ANTONIO CARLOS DUARTE COELHO

ANTONIO CARLOS DUARTE COELHO

Graduação em Engenharia Química pela Universidade Federal de Pernambuco -UFPE- (1977), na qual desde 1990 é Professor e Pesquisador do Departamento de Engenharia Química (Doutor-Engenheiro pela ECOLE NATIONALE DES INDUSTRIES AGRICOLES ET ALIMENTAIRES- ENSIA e Pós- Doutor pela ECOLE CENTRALE PARIS- ECP. Ex-Bolsista da ( JAPANESE INTERNATIONAL COOPERATION AGENCE- JICA( 1999), Ex-Delegado do INPI-PE e ex-Gerente de Negócios da DINE-UFPE.
Trabalhou na Usina Central Barreiros (1977-1979), na Bacardi (1979-1980) e na Rhône-Poulenc ( 1985-1986).
Foi Diretor da Biotec -Biotecnologia Industrial Ltda ( 1987-1990).
É Coordenador dos Grupos de Pesquisa de Processos Químicos e Tecnologias limpas, ambos registrados na CAPES. Avaliador do MEC para os cursos de Engenharia Química e para os cursos de Química.
Tem experiência na área de Engenharia Química, com ênfase em Processos Orgânicos, atuando principalmente nos seguintes temas: balanço de massa e de energia, energia renovável, biomassa, biocombustíveis, revalorização de resíduos, efluente e emissões, produção mais limpa e pegadas de CO2. Realiza pesquisa na área de biocombustíveis, Química verde e Tecnologias Limpas e Análise do Ciclo de Vida.

ANTONIO CARLOS MAGALHÃES

ANTONIO CARLOS MAGALHÃES

Possui graduação em Química Industrial pela Universidade Federal do Ceará (1988), mestrado em Química (Química Analítica) pela Universidade de São Paulo (1992) e doutorado em Química (Química Analítica) pela Universidade de São Paulo (1998).
Atualmente é professor Titular da Universidade Federal do Ceará, Coordenador do curso de Licenciatura em Química a distancia da UFC, Conselheiro do Conselho Regional de Química 10 Região e Presidente da Associação Brasileira de Química Regional Ceará.
Tem experiência na área de Química, com ênfase em Eletroanalítica, atuando principalmente nos seguintes temas: ligas nicr, corrosão, potenciometria, zinco e potenciométrico.
Atuou também em curso a distância (UAB) como coordenador de tutoria, conteudista e tutor a distancia em disciplinas de analitica qualitativa e quantitativa, pratica de ensino entre outras.
É membro permanente do programa de Ensino de Ciências e Matemática (ENCIMA) da UFC onde orienta e co-orienta alunos na Pós-Graduação. É membro do conselho de curadores da UFC.
 

CLAUDIA ALCARAZ ZINI

CLAUDIA ALCARAZ ZINI

Possui graduação (1984) e Mestrado em Química pela UFRGS (1990) e doutorado sanduíche em Química também pela UFRGS (2002), realizado em parte na Universidade de Waterloo.
Professora titular do Instituto de Química da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
Tem experiência na área de Química Analitica, atuando principalmente nos seguintes temas: cromatografia gasosa bidimensional abrangente com detector de espectrometria de massas, compostos voláteis e semi-voláteis de diversas matrizes, técnicas de extração e separação, Química Analítica Ambiental, Química Ecológia. Dentre as matrizes principais de estudo estão: vinhos, sucos de frutas, alimentos em geral, plantas, óleos essenciais, bio-óleo, alcatrão, petróleo, carvão, betume.

EDNA POSSAN

EDNA POSSAN

Formada em Engenheira Civil pela Unioeste e Doutora em Engenharia Civil pela UFRGS.
Atualmente é Professora Associada Nível 2 na UNILA e Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil (PPGECI).
Membro fundadora da Associação Latino Americana de Patologia da Construção (ALCONPAT Brasil). Diretora de relações interinstitucionais na Associação Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído (ANTAC). Diretora regional no Instituto Brasileiro do Concreto (IBRACON). Conselheira do CREA-PR de 2020 a 2022.
É membro de comitê técnico da ABNT (Durabilidade do Concreto). Editora associada do “Ibracon Structures and materials jornal”.
Prêmios principais: “Jovem Pesquisadora Produtiva da Alconpat Internacional
” e “Educador destaque CREA-PR”.
Ministra cursos e palestras sobre temas de sustentabilidade e ecoeficiência no ambiente construído e mulheres na engenharia. Bolsita de produtividade em Pesquisa do CNPqe mãe da Valentina.

EDUARDO LUIZ DIAS CAVALCANTI

EDUARDO LUIZ DIAS CAVALCANTI

Licenciado em química, mestre e doutor em química com ênfase em Ensino de Química pela Universidade Federal de Goiás.
Foi professor na Universidade Federal da Bahia, campus Barreiras, atualmente Universidade Federal do Oeste da Bahia por 5 anos.
Atualmente é professor na Universidade de Brasília trabalhando no Instituto de Química na graduação e pós-graduação.
É coordenador de área do PIBID, coordenador de projeto de extensão sobre jogos e química forense e coordenador do LUDEQ – Núcleo de pesquisa e investigação em jogos e atividades lúdicas no ensino de química.

EVA MARIA BAREA

EVA MARIA BAREA

Bachelor of Chemistry in 2000 from the University of Valencia and PhD in Chemistry in 2005 from the Polytechnic University of Valencia.
Is Associate Professor in Applied Physics Department at the Jaume I University of Castellón (Spain).
Her research career has focused on the study of new materials. During her Doctoral Thesis at the Institute of Chemical Technology (ITQ) (UPV-CSIC), she studied the synthesis of laminar zeolites with different transition metals in its structure and its use as a source of silicon and / or metal for synthesis of conventional zeolites. After her doctoral stage, she joined the Universitat Jaume I in 2006 in the Department of Physics, during this time her research has focused on renewable energy, especially in photovoltaics. Her works have been focused on the synthesis and characterization of new materials, and on the manufacture of various optoelectronic devices (organic light emitting diodes, solar dye cells, quantum dot solar cells and perovskite solar cells). She has made numerous stays in foreign centers, the most prominent in EPFL in the group of Professor Michael Gratzel, in the KTH of Sweden, Oxford University with Henry Snaith, ECN - Energy research Center of the Netherland and in Shinshu University in Japan.
She is an expert in characterization by impedance spectroscopy and manufacturing in photovoltaic devices. She is co-author of more than 47 scientific papers published in international scientific journals and 4 patents, with more than 4023 citations and her h-index is 26.

FERNANDA TROMBETTA

FERNANDA TROMBETTA

Docente da Universidade Federal do Rio Grande - Escola de Química e Alimentos - Campus Santo Antônio da Patrulha desde 2015.
Graduada em Química Industrial, Mestre em Ciências dos Materiais e Doutora em Química na UFRGS, conceito 7.
Possui experiência na área de pesquisa e docência.
Atualmente, atua como docente e pesquisadora no Programa de Pós-graduação de Ensino de Ciências Exatas (PPEGECE) na qual tem interesse nos seguintes temas de pesquisa: ensino e aprendizagem, formação inicial e continuada de professores, construção de materiais didático e, tecnologias. Vinculada como membro permanente no Programa de Pós-Graduação em Química Ambiental e Tecnológica (PPGQTA), onde tem interesse nos seguintes temas de estudo: Catalisadores, Produção de Hidrogênio, Líquidos Iônicos, Capacitores, Corrosão e Células a Combustível.

GEORGE SAKAE

GEORGE SAKAE

Possui Graduação em Bacharelado e Licenciatura em Química pela UFPR (2009), Mestrado em Química pela UFPR – na área de Química Orgânica/Polímeros (2012) e Doutorado em Ciências (Química) pela USP – na área de Síntese Orgânica (2016). Fez pós-doutorado na UFPR – na área de corrosão e tintas (2017).
Iniciou sua carreira docente como professor do Ensino Médio no Estado do Paraná (2016). Em seguida, foi Professor Substituto na UFPR – em disciplinas de Química Geral e Química Orgânica (2017-2019).
Atualmente é Professor Colaborador e Orientador do Programa de Mestrado Profissional em Química em Rede Nacional (PROFQUI-UFPR) e Professor da Universidade Positivo.

GILZA MARIA PIEDADE PRAZERES

GILZA MARIA PIEDADE PRAZERES

Graduação em Química Industrial pela Universidade Federal do Maranhão (1987),
mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro
(1977) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela Universidade Federal do Rio de
Janeiro (2003).
Atualmente é professor adjunto da Universidade Federal do Maranhão, atuando principalmente nos seguintes temas: espectroscopia de força, afm, force spectroscopy, cell-protein interaction e interação células-proteínas.

ITALO ODONE MAZALI

ITALO ODONE MAZALI

Graduado em Química com Atribuições Tecnológicas pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), em 1994, Mestre em Físico-Química (UNESP), em 1997 e Doutor em Ciências (UNICAMP), em 2001, com pós-doutoramento pela UNICAMP.
Atua no Instituto de Química da UNICAMP, desde 2005, onde atualmente ocupa a posição de Professor Associado, tendo obtido o Título de Livre-Docência em 2012.
Foi Coordenador Associado de Graduação (2009-2013), Chefe do Departamento de Química Inorgânica (2013 a 2017) e atualmente é Coordenador do Curso de Graduação (desde 2019).
É Coordenador do Laboratório de Materiais Funcionais, do Instituto de Química da UNICAMP onde foram formados 15 mestres, 10 doutores e supervisionado 10 pós-doutorandos, com mais de 110 publicações e 10 patentes depositadas (sendo 1 licenciada).
Foi contemplado em 2018 com o "PRÊMIO DE RECONHECIMENTO ACADÊMICO "ZEFERINO VAZ" – UNICAMP, pelo destaque em suas atividades de pesquisa. Atualmente, está interessado no desenvolvimento de materiais nanoestruturados funcionais avançados para aplicação como substrato SERS e em fotocatálise plasmônica.

JEAN CARLOS ANTUNES CATAPRETA

JEAN CARLOS ANTUNES CATAPRETA

Professor Efetivo da Universidade Federal do Piauí – UFPI.
Doutorando em Educação pela Universidade de São Paulo – USP.
Mestre em Química Analítica pela Universidade Federal do Maranhão – UFMA.
Graduado e Licenciado pela Universidade Federal de Viçosa (MG) – UFV.
Coordenador Geral da Olimpíada Nacional de Ciências – ONC.
Diretor das Olimpíadas de Ciências da Associação Brasileira de Química.
Trabalha atualmente na Licenciatura em Educação do Campo na UFPI, com formação de professores para exercer a licenciatura em ciências da natureza nas escolas do campo. Temas trabalhados: formação de professores, agroquímica, Química e o agronegócio, Química na lavoura de subsistência.

 

JEFFERSON LUIZ FERRARI

JEFFERSON LUIZ FERRARI

Doutor em Ciências com especialidade em Química Inorgânica pela USP em Ribeirão Preto (2010). Graduação em Licenciatura em Química (2003) e Mestrado em Química (2006) sendo ambos os títulos obtidos pelo Instituto de Química de Araraquara UNESP. Realizou Doutorado Sandwich pela Universidade de Aveiro-Portugal. Realizou também estágio no Instituto de Telecomunicações de Aveiro-Portugal. Possui pós-doutorado em Química realizado no Depto de Química da USP de Ribeirão Preto.
Foi Professor de Química Inorgânica no Departamento de Ciências Naturais da Universidade Federal de São João del-Rei.
Atualmente é Professor Associado I em Química Inorgânica no Instituto de Química da Universidade Federal de Uberlândia e bolsista Produtividade em Pesquisa 2 do CNPq.
Foi Vice Coordenador entre 2015 e 2017 e Coordenador entre 2017 e 2018 do Programa de Pós-Graduação em Física e Química de Materiais (FQMat).
É Professor efetivo do Programa de Pós-Graduação em Física e Química de Materiais (FQMat),e do Programa de Pós Graduação em Química do Instituto de Química da Universidade Federal de Uberlândia. 
Revisor de vários periódicos de âmbito nacional e Internacional. Foi Coordenador local da Rede Mineira de Química da UFSJ em São João del-Rei-MG.
Tem experiência na área de Química, com ênfase em Química de Materiais.
Possui 74 trabalhos publicados em revistas Internacionais e Nacionais, possui mais de 420 citações, Fator (ISI), h=18 (Research ID) e h = 18 (Google Scholar) e aproximadamente 147
trabalhos em congressos nacionais e Internacional. 

JOÃO ROBERTO RATIS TENÓRIO DA SILVA

JOÃO ROBERTO RATIS TENÓRIO DA SILVA

Docente da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e professor permanente do Programa de pós-graduação em Educação em Ciências e Matemática (PPGECM/UFPE).
Licenciado em Química e Mestre em Ensino das Ciências pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e doutor em Psicologia Cognitiva pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) com estágio doutoral no Niels Bohr Centro de Psicologia Cultural - Universidade de Aalborg, Dinamarca.
Tem experiência na área de Ensino de Química, com ênfase no processo de ensino e aprendizagem e formação de conceitos.
Vem atuando, principalmente, em temas que envolvem: perfil conceitual, elaboração de jogos digitais e analógicos para o ensino de ciências e relações entre memória, imaginação e aprendizagem.
Editor da Revista Debates em Ensino de Química e atual coordenador do curso de Licenciatura em Química do Campus do Agreste - UFPE

JOÃO SAMMY NERY DE SOUZA

JOÃO SAMMY NERY DE SOUZA

Professor Adjunto II da Universidade Federal do Piauí, Campus Professora Cinobelina Elvas-Bom Jesus.
Possui graduação em Licenciatura em Química pela Universidade Estadual do Ceará (2002), mestrado (2004) e doutorado (2009) em Química pela Universidade Federal do Ceará.
Tem experiência na área de Química, com ênfase em Química dos Produtos Naturais, atuando principalmente nos seguintes temas: líquido da castanha de caju, anetol, heliotropium indicum, heliotropium polyphyllum, ganoderma lucidum, biocatalisadores, esteróides, alcalóides pirrolizidínicos, CG e HPLC.
É presidente da ABQ Regional Piauí. 

 

 

JORGE CARDOSO MESSEDER

JORGE CARDOSO MESSEDER

Possui graduação em Química Industrial pela Universidade Federal Fluminense (UFF), mestrado e doutorado em Ciências pelo Instituto Militar de Engenharia (IME).
Atualmente é Professor Associado III do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ), onde desenvolve trabalhos nas áreas de Ensino de Ciências/Química, junto aos cursos de Licenciatura em Química, Mestrado e Doutorado do Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Ensino de Ciências (PROPEC), sendo também docente do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ensino de Ciências da Natureza da UFF (PPECN).
É Diretor de Educação da Associação Brasileira de Química.

JULIO CARLOS AFONSO

JULIO CARLOS AFONSO

Possui graduação em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1985), graduação em Química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1986), mestrado em Engenharia Química pela COPPE/Universidade Federal do Rio de Janeiro (1987) e doutorado em Engenharia Química pelo Centre National de la Recherche Scientifique/Université Claude Bernard (Lyon I - 1990).
Atualmente é Professor Associado do Departamento de Química Analítica do Instituto de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Tem experiência na área de Química Analítica, com ênfase em Análise de Traços e Química Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: tratamento de resíduos químicos de laboratório, industriais e de exploração/refino de petróleo, poluição ambiental, e processamento de lixo tecnológico, com ênfase em lixo eletroeletrônico. Orienta também trabalhos na área de história e evolução da química. 
Editor da RQI, revista técnica informativa da ABQ.

LEANDRO ROSA CAMACHO

LEANDRO ROSA CAMACHO

Possui graduação em Química (Bacharel em Ciências) pela Universidade Luterana do Brasil (2006). Possui graduação em Formação Pedagógica para graduados pela Universidade Luterana do Brasil (2008). Mestrado em Genética e Toxicologia aplicada (Mestre em farmacologia e toxicologia) pelo PPGGTA da Universidade Luterana do Brasil (2010).
Atualmente é Professor de Química do Ensino Médio do Colégio La Salle Dores e no Curso Vestibular Anglo/RS.
Exerce o cargo de Presidente da Associação Brasileira de Química-Seção Regional do Rio Grande do Sul e também é Conselheiro Titular do Conselho Regional de Química da 5ª Região(CRQ-V).
Tem experiência na área de Química, com atuação, principalmente, nos seguintes temas: Ensino de Química, Elementos-traço, Absorção Atômica. Atualmente, desenvolve trabalhos na área de Bioinformática Estrutural como colaborador no Laboratório de Bioinformática Estrutural (LaBiE) da ULBRA e no Grupo de Química Teórica da UFRGS.

LUÍS FRANCISCO MOREIRA GONÇALVES

LUÍS FRANCISCO MOREIRA GONÇALVES

Professor de Química no Instituto de Química da Universidade de São Paulo (IQ-USP) no campus de São Paulo.
É licenciado e doutorado em Química (ambos pela Universidade do Porto), bem como licenciado em Ciências Básicas da Medicina e Mestre em Medicina (Universidade do Minho).
Trabalhou previamente como investigador de pós-doutoramento na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, com vários interesses de investigação como o desenvolvimento de biossensores para aplicações médicas, eletroquímica, qualidade alimentar e, em geral, campos de pesquisa que combinam medicina com química.
Tem cerca de 75 artigos publicados (mais de 1350 citações, h-index 19) e 4 patentes, recebeu vários prémios incluído o Prémio Jovem Investigador em Eletroquímica atribuído pela Sociedade Portuguesa de Eletroquímica.
Fez visitas académicas no Instituto Catalão de Investigação Química (Tarragona, Espanha), Instituto Técnico de Investigação Química e Universidade Carolina de Praga (República Checa), Universidade de Oxford (Reino Unido) e UNESP (Araraquara, Brasil). Para além disso, como estudante de Medicina, foi voluntário durante 4 meses no Serviço de Urgências do Hospital Beneficiência Portuguesa (Araraquara, Brasil) e foi observador no Hospital John Radcliffe (Oxford, UK).
É sócio da Sociedade Portuguesa de Química (SPQ), sócio da Sociedade Portuguesa de Eletroquímica (SPE), membro da Ordem dos Médicos (Portugal) e do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (CREMESP).

MARCIA CRISTINA BERNARDES BARBOSA

MARCIA CRISTINA BERNARDES BARBOSA

Possui graduação graduação (1981), mestrado l (1984) e doutorado (1988) em física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
É membro titular da Academia Brasileira de Ciências e da Academia Mundial de Ciências(TWAS) e atua como  professora titular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
Tem experiência na área de Física, com ênfase em Física da Matéria Condensada, atuando principalmente em água.
Pelo estudo das anomalias da água ganhou o prêmio Loreal-Unesco de Mulheres nas Ciências Fĩsicas e o prêmio Claudia em Ciência, ambos em 2013.
Em paralelo, atua em questões de gênero pelo que ganhou em 2009 a Medalha Nicholson da American Physical Society.
Por sua atuação pela pós-graduação ganhou o Prêmio Anisio Teixeira da Capes em 2016 e por seu trabalho em prol da ciência recebeu em 2018 da presidência da república a Medalha do Mérito Científico como comendadora.
É diretora da Academia Brasileira de Ciências.

MÁRCIA REGINA BECKER

MÁRCIA REGINA BECKER

Graduação em Ciências-Habilitação: Química pela Universidade Luterana do Brasil (1995), mestrado em Engenharia de Materiais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2002) e doutorado em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2007) com sanduiche no Max Planck Institut fur Polymerforshung.
Atualmente é docente na Universidade Federal da Integração Latino-Americana e trabalha no desenvolvimento de novos materiais eletrólitos e eletrodos para a produção de hidrogênio por eletrólise da água e para a utilização em células a combustível e estuda a codigestão anaeróbica para a produção de biogás.
Tem experiência na área de Química, com ênfase em Físico-química, atuando principalmente nos seguintes temas: catalisadores, eletrodos, eletrólitos, polímeros, célula a combustível, produção de hidrogênio e eletrólise da água e biogás.

MARCIANO HENRIQUE DE LUCENA NETO

MARCIANO HENRIQUE DE LUCENA NETO

Graduação em Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1996).
Mestrado em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1999).
Doutorado em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2005).
Atualmente é o Coordenador Institucional do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), na Universidade Federal de Campina Grande. Orienta alunos de graduação dos cursos de Licenciatura e Química e Bacharelado em Farmácia, em monografias para obtenção do grau de Licenciados e bacharéis dos cursos citados. 
É Diretor Regional Nordeste da Associação Brasileira de Química.

MÁRCIO DE SOUSA GÓES

MÁRCIO DE SOUSA GÓES

Graduado em Química (Licenciatura) pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), em 2003, Mestre em Ciência e Tecnologia de Materiais (UNESP), em 2006 e Doutor em Química (UNESP), em 2010. Tem pós-doutoramento pela Universidade Jaume I (Castellón de la Plana, Espanha) e pelo IQ-UNESP.
É Professor Adjunto de Química (Inorgânica) do Centro Interdisciplinar de Ciências da Natureza, Instituto Latino-Americano de Ciências da Vida e da Natureza, Universidade Federal da Integração Latino-Americana e é Pró-Reitor Adjunto de Pesquisa e Pós-graduação da UNILA (PRPPG/UNILA), Foz do Iguaçu, Paraná.
Possui mais de 40 artigos publicados e mais de 1550 citações.
Atualmente, sua área de pesquisa e de interesse são temas que envolvam o desenvolvimento de materiais funcionais e avançados para aplicação em dispositivos de geração/conversão de energia e (bios)sensores eletroquímicos, sendo a otimização desses materiais se dá pelo uso de técnicas eletroquímicas, o Método de Rietveld (com dados de difração de Raios X) e outras técnicas de caracterização. 

MARIA DAS GRAÇAS CLEOPHAS

MARIA DAS GRAÇAS CLEOPHAS

Licenciada em Química e mestre em Físico-química pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Doutora em Ensino das Ciências, com ênfase no ensino de Química, pela UFRPE. Atualmente é Professora da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), Coordenadora do Curso de Química - Licenciatura e faz parte do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e em Matemática (PPGECM) da Universidade Federal do Paraná (UFPR).
Possui experiência com o ensino de Química, atuando em diversas linhas.
É editora da Revista Educação Química en Punto de Vista (EQPV) e Revista Eletrônica Ludus Scientiae (RELuS).
Atualmente, é presidenta da ABQ – Paraná.

MARIA DE FATIMA VITORIA DE MOURA

MARIA DE FATIMA VITORIA DE MOURA

Possui graduação em Farmácia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1986), mestrado em Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1994) e doutorado em Química (Química Analítica) [Sp-Capital] pela Universidade de São Paulo (1998).
Atualmente é Professora Adjunto III da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
Tem experiência na área de Química Analítica, com ênfase em Análise Térmica, Espectroscopia IV, Espectroscopia de Absorção Atômica, Espectroscopia de Absorção Molecular, atuando principalmente nos seguintes temas: análise de alimentos, análise de medicamentos.

 

MARLON HERBERT FLORA BARBOSA SOARES

MARLON HERBERT FLORA BARBOSA SOARES

Licenciado em Química, pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Mestre em Química e Doutor em Ciências (Química) pela Universidade Federal de São Carlos - SP (USFCAR).
É professor Associado do Instituto de Química da Universidade Federal de Goiás, onde coordena o Laboratório de Educação Química e Atividades Lúdicas.
Orienta em nível  de mestrado e doutorado no Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática.
Suas linhas de pesquisa principais são os Jogos em Ensino de Ciências, Robótica Educacional e Formação de Professores.
É editor da Revista Eletrônica Ludus Scientiae.

MARTA CÉLIA DANTAS SILVA

MARTA CÉLIA DANTAS SILVA

Possui graduação em Química, mestrado e doutorado em Química (Físico-Química) pela Universidade Federal da Paraíba.
Atualmente é professor associado da Universidade Federal da Paraíba no Centro de Energias Alternativas e Renováveis.
Desenvolve projetos de pesquisa na área de Energias Renováveis, com ênfase em Materiais Aplicados às Energias Renováveis: conversão da biomassa em biocombustíveis líquidos.

 

MOZART NEVES RAMOS

MOZART NEVES RAMOS

Possui graduação em Química pela Universidade Federal de Pernambuco (1977) e doutorado em Química pela Universidade Estadual de Campinas (1982). Possui pós-doutorado em Química pela Politecnica de Milão - Itália (1987-1988).
Foi Professor da UFPE de 1977 a 2013. Foi Pró-Reitor Acadêmico da UFPE (1992-1995) e presidiu o Fórum Nacional de Pró-Reitores de Graduação das Universidades Brasileiras (1993).
Foi Reitor da Universidade Federal de Pernambuco em 1996-1999 e 2000-2003 e presidiu a Andifes (2002/2003).
Foi Secretário de Educação de Pernambuco (2003-2006) e presidiu o Consed (2006).
Foi Presidente Executivo do Todos Pela Educação (2007-2010) e membro do Conselho Nacional de Educação (2005-2014).
Foi Diretor de Articulação e Inovação do Instituto Ayrton Senna.
Atualmente é 
Titular da Cátedra Sérgio Henrique Ferreira do Instituto de Estudos Avançados da USP - Ribeirão Preto.
É autor dos livros Educação brasileira: uma agenda inadiável (2015) e Educação Sustentável (2006) e co-autor do livro A Urgência da Educação (2011). Em 2008, foi eleito pela Revista Época como uma das 100 pessoas mais influentes do Brasil. Foi agraciado com as seguintes comendas: Personalidade das Artes, Ciências e Letras da França em 2006, Educador Internacional do Ano - IBC Cambridge (2005), Cavalheiro da Ordem do Mérito da República Italiana (2002). 

NEDJA SUELY FERNANDES

NEDJA SUELY FERNANDES

Possui graduação em Química Bacharelado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN (1994), mestrado em Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1997) e doutorado em Química Analítica pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP (2001).
É professora Titular da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e desenvolve suas atividades no Instituto de Química.
Tem experiência na área de Química Analítica com ênfase em Técnicas Termoanalíticas (TG-DTG, DSC e DTA).
É presidente da ABQ Regional Rio Grande do Norte. 

PABLO DE ALCANTARA NUNES

PABLO DE ALCANTARA NUNES

Possui graduação em Química Industrial pela UFPI (2011), mestrado em Química Inorgânica UFPI (2014) com ênfase em liberação controlada de fármacos.
Tem experiência na área de Química, com ênfase em na produção de substratos orgânicos e nanofármacos, síntese de blendas poliméricas e purificação de gomas naturais.
Atualmente é Professor Assistente da área de Toxicologia e Análises Criminais do grupo Facimp/Wyden.
Atualmente é Perito Criminal do Instituto de Criminalística (ICRIM) de Imperatriz – Maranhão. Trabalha com perícias em locais de Crimes de Morte Violenta e Acidentes de Trânsito com vítimas de lesão corporal além de Documentoscopia e Balística Forense.
Atualmente ministra cursos e palestras auxiliando profissionais da segurança pública e a comunidade acadêmica

PATRÍCIA TERESA SOUZA DA LUZ

PATRÍCIA TERESA SOUZA DA LUZ

Possui graduação em Engenharia Química pela Universidade Federal do Pará (1996) e mestrado em Físico-Química pela Universidade Federal do Pará (2002) e doutorado em Química - Universidade Federal do Pará UFPA (2015).
Atualmente é professora de Química do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará - IFPA.
Tem experiência na área de Química, com ênfase em Cinética Química e Catálise, atuando principalmente na síntese e caracterização de catalisadores heterogêneos.

PATRÍCIO GUILLERMO PERALTA-ZAMORA

PATRÍCIO GUILLERMO PERALTA-ZAMORA

Possui graduação em Quimica pela UNIVERSIDAD DE CHILE (1984), mestrado em Química pelo Instituto de Química da UNICAMP (1990), doutorado em Ciências pelo Instituto de Química da UNICAMP (1995) e Pós-doutorado no Laboratório de Química Biológica da UNICAMP (1995-1997).
Atualmente é professor titular da Universidade Federal do Paraná, onde desenvolve atividades de pesquisa nas áreas de tratamento avançado de resíduos e desenvolvimento de metodologias analíticas fundamentadas em processos de calibração multivariada.

PAULO AUGUSTO NETZ

PAULO AUGUSTO NETZ

Graduação (1989) e mestrado (1992) em Química pela UFRGS, doutorado (1997) em Química pela Universität Bielefeld, Alemanha. Pós-doutorado na Universität Bielefeld (1997) e Max Planck Institut für Polymerforschung, Mainz, Alemanha (2014-2015).
Professor Associado do Departamento de Físico-Química, Instituto de Química, UFRGS, pesquisador 1D do CNPq, áreas de concentração: Físico-Química e Química Teórica. 57 artigos publicados, mais de 1300 citações. 12 orientações concluídas de mestrado, 5 de doutorado, 1 de pós-doutorado e 27 dentre iniciação científica e trabalhos de conclusão, 3 orientações em andamento de doutorado, 1 de pós-doutorado e 3 de iniciação científica e trabalhos de conclusão.
Diretor da divisão de Físico-Química da Sociedade Brasileira de Química entre 2012 e 2014.

RAPHAEL SALLES FERREIRA SILVA

RAPHAEL SALLES FERREIRA SILVA

Possui graduação em Farmácia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, mestrado e doutorado em Química de Produtos Naturais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Atualmente é professor de Química Orgânica do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro.
Presidente da Associação Brasileira de Química-Regional do Rio de Janeiro, membro do comitê de avaliação técnico-científica da Associação Brasileira de Química.
Revisor de resumos da Sociedade Brasileira de Química.
Possui 30 artigos publicados em periódicos nacionais e internacionais e 1 patente depositada, nas áreas de síntese orgânica, química de produtos naturais, química de heterociclos, técnicas cromatográficas, geoquímica orgânica e modelagem molecular.

ROBERIO FERNANDES ALVES DE OLIVEIRA

ROBERIO FERNANDES ALVES DE OLIVEIRA

Graduado em Engenharia Química pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e Licenciatura em Química Aplicada pela Universidade Federal de Alagoas, Especialista em Análise Instrumental pelo CEFET Minas Gerais, specialista em Gestão de Resíduos Urbanos, Especiais e Industriais; Contaminação de Solos e Águas Subterrâneas; Contaminação de Águas e Processos de Depuração.
Atividades Profissionais: Presidente da ABQ; Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RJ; Professor convidado em cursos de MBA na área de Planejamento e Gestão Ambiental e de Gestão da Qualidade.
Foi Vice-Presidente da ABQ Regional RJ e Coordenador de Cursos da ABQ. 

RODRIGO PARRA

RODRIGO PARRA

Químico e Doutor em Ciência de Materiais pela Universidad Nacional de Mar del Plata, Argentina.
É Pesquisador Independente do CONICET no Instituto de Investigaciones en Ciencia y Tecnología de Materiales (INTEMA).
Trabalha no desenvolvimento de materiais cerâmicos funcionais para aplicações eletrônicas como sensores, eletrodos porosos e filmes condutores transparentes.
Tem experiência na síntese de materiais cerâmicos nanoestruturados por métodos químicos e no crescimento de filmes por spraying.

SAYONARA ANDRADE ELIZIÁRIO

SAYONARA ANDRADE ELIZIÁRIO

Atualmente é professora na Universidade Federal da Paraíba.
Trabahou como Pós-doc na Universidade Federal de São Carlos, no Departamento de Engenharia de Materiais, no desenvolvimento de materiais cerâmicos multiferróicos sinterizados em Microondas. Trabalhou como pesquisadora na Durham University (UK), no estudo estrutural de novos materiais fotocatalíticos. Foi pesquisadora da Université Paris-Sud 11- França, estudando compostos polioxometalatos usados na fotodegradação de corantes azo.
Desenvolveu seu doutorado na área de cerâmicas eletrônicas, materiais fotoluminescentes e materiais nano-estruturados sintetizados pelo método de microondas hidrotermal, na pós graduação em Química da Universidade Estadual Paulista "JÚLIO DE MESQUITA FILHO", Campus de Araraquara.
Tem experiência na área de Síntese Química Inorgânica, Físico-Química de materiais, pigmentos inorgânicos, microscopia e eletrocerâmicas.

SÉRGIO MAIA MELO

SÉRGIO MAIA MELO Químico Industrial e Engenheiro Químico pela UFC. Mestre e Doutor em Química pela Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de química, com ênfase em química inorgânica, ensino de pós-graduação e pesquisas com compostos de coordenação. Membro efetivo da Academia Cearense de Química. Diretor das Olimpíadas da ABQ. Coordena o Programa Nacional Olimpíadas de Química e projetos de extensão na Universidade Federal do Ceará.

SIDNEY JOSÉ LIMA RIBEIRO

SIDNEY JOSÉ LIMA RIBEIRO

Professor titular no Instituto de Química-UNESP em Araraquara, Bacharel em Química (UNESP-1982), Mestre em Quimica Inorgânica (UNESP- 1987) e Doutor em Quimica Inorgânica (UNESP-UFPE-1992).
Membro titular da Academica Brasileira de Ciencias (ABC) e da Academia de Ciências do Estado de São Paulo (ACIESP). Fellow da European Academy of Sciences. Coordenador de área de Química da FAPESP. Vice-coordenador do Instituto Nacional de Fotônica (InFO). Pesquisador 1A CNPq. Pós-doutoramento na Ecole Centrale Paris- 1994 e CNET-France Telecom- 1995, trabalhando com vitrocerâmicas transparentes e lasers.
Trabalha na área de Química Inorgânica e suas implicações na Ciência de Materiais, Espectroscopia e Ensino de Química.
Os projetos em andamento envolvem polímeros naturais (celulose bacteriana e fibroina), híbridos orgânicos-inorgânicos, guias de luz (fibras ópticas e filmes finos), materiais porosos e marcadores luminescentes para Medicina. Orientou 22 teses de doutorado, 28 dissertações de mestrado e supervisionou 25 trabalhos de pós-doutorado.
É Editor Associado do periódico "Frontiers in Chemistry- Inorganic Chemistry" e membro do corpo editorial dos periódicos Journal of Sol-Gel Science and Technology and Journal of Non-Crystalline Solids. 

SILVANA CARVALHO DE SOUZA CALADO

SILVANA CARVALHO DE SOUZA CALADO

Doutora em Oceanografia pela UFPE (2004), Mestre em Ciências dos Alimentos pela UFPE (1996), Especialista em Saneamento Ambiental pela UFPE (1988), Química Industrial pela UNICAP (1982). Atuação profissional: Na UFPE: Chefe do Laboratório de Controle de Qualidade Departamento de Engenharia Química (desde 1989 até a presente data); Vice-chefe do Departamento de Engenharia Química (1989-1990); Chefe do Departamento de Engenharia Química (1991-1992); Membro de Colegiado do curso de Química Industrial (1992-1996); Coordenadora de Programa Institucional de Qualidade das Águas (1999 até a presente data); No CEFET-PE: Conselheira (2000-2002). No Conselho Regional de Química - Pernambuco: Conselheira (1998-2000); No Conselho Federal de Química: suplente de Conselheiro (2000-2008). Na ABQ-PE: Vice-Presidente (1997-1998); Presidente (1998-2001). Na ABQ Nacional: Vice-Presidente (2001-2003); Presidente (2003-2005); Conselheira Geral (2005-2007); atualmente é Diretora de Relacionamento Institucional.

THIAGO SOARES SILVA RIBEIRO

THIAGO SOARES SILVA RIBEIRO

Possui graduação em Química Industrial pela Universidade Estadual de Goiás (2009). Mestre em Ciências Moleculares pela Universidade Estadual de Goiás (2016) e Doutorando em Química pela Universidade Federal de Goiás (UFG), com estudos relacionados à catálise, produção de hidrogênio, energias renováveis, reatores, fluidos supercríticos e tratamento de resíduos para fins energéticos. 
Tem experiência na área de Química Industrial, Gestão Ambiental de empresas englobando Gerenciamento de Resíduos Sólidos e Líquidos, Licenciamento Ambiental e afins.
Já atuou como Docente do curso de Química Industrial na Universidade Estadual de Goiás (UEG).
Atualmente leciona nos cursos de Farmácia, Tecnologia em Processos Químicos, Engenharia de Produção e Engenharia Ambiental e Sanitária, além do MBA em Gestão Industrial Farmacêutica da Faculdade Metropolitana de Anápolis (FAMA).
Coordenador do curso de Tecnologia em Processos Químicos - FAMA. Professor da Especialização em Desenvolvimento Analítico e Controle de Qualidade Aplicado à Indústria Farmacêutica no CSA - Centro de Soluções Analíticas.
Presidente da Associação Brasileira de Química - Regional Goiás.

Patrocinadores

Capes Capes CFQ

Apoio

Realização

ABQ