Convidados


ANDERSON CANTARINO

ANDERSON CANTARINO

27 anos de experiência em Saúde, Segurança, Meio Ambiente e Relações Externas, tendo atuado em cargos de liderança em Empresas Internacionais e Brasileiras de Petróleo e Energia, Empresas Internacionais de Consultoria e no IBAMA.
Engenheiro Químico, Doutor em Planejamento Energético e Mestre em Controle de Poluição.
Atualmente trabalha no IBP como Gerente Executivo de SMS e Operações, desenvolvendo atividades de advocacy com as autoridades Brasileiras e no aprimoramento regulatório, bem como no desenvolvimento de atividades que propiciam o melhor desempenho dos associados em SMS e Operações.
Atua também há 16 anos como Professor do MBE-COPPE-UFRJ e atuou por 13 anos como professor de Pós-Graduação na UFF-LATEC.

CARLOS MACHADO DE FREITAS

CARLOS MACHADO DE FREITAS

Graduação em História pela Universidade Federal Fluminense (1989), mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1992), doutorado em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo Cruz (1996) e pós-doutorado pelo Programa de Ciências Ambientais da Universidade de São Paulo (2007-2008).
Pesquisador da Escola Nacional de Saúde Pública, Fundação Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde, com atividades de pesquisa e ensino sobre temas relacionados à saúde ambiental e aos desastres.
Atualmente coordena o Centro de Estudos e Pesquisas em Emergências e Desastres em Saúde. Integrante do Comitê Técnico Assessor de Vigilância e Resposta às Emergências em Saúde Pública (CTA-ESP), SVS/MS e do Grupo de Aconselhamento Técnico e Científico da Estratégia Internacional de Redução de Riscos de Desastres da ONU (STAG-UNISDR).. Editor Científico Editora Fiocruz.

DALVA CRISTINA BAPTISTA DO LAGO

DALVA CRISTINA BAPTISTA DO LAGO

Possui graduação em Química pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1986), mestrado em Engenharia Metalúrgica e de Materiais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1993) e doutorado em Engenharia Metalúrgica e de Materiais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2001).
Atualmente é professora associada da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.
Tem experiência na área de Engenharia de Materiais e Metalúrgica, com ênfase em Corrosão, atuando principalmente nos seguintes temas: inbidores de corrosão e eletrodeposição.


ESTEVÃO FREIRE

ESTEVÃO FREIRE

Professor Adjunto na Universidade Federal do Rio de Janeiro, Vice-Chefe do Departamento de Processos Orgânicos da Escola de Química. Doutor em Engenharia pelo Programa de Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2007), Mestre em Ciência e Tecnologia de Polímeros pelo Instituto de Macromoléculas Professora Eloisa Mano/UFRJ (1992) e graduado em Engenharia Química pela Escola de Química da UFRJ (1987).
Atua no ensino de graduação e pós graduação, no Programa de Pós Graduação em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos e no Programa de Pós-graduação em Engenharia Ambiental.
É docente do corpo permanente do PROFNIT (Programa de Pós-graduação em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação), sendo Coordenador do Ponto Focal UFRJ.
É co-advisor do UFRJ ACS Student Chapter.
Seus principais interesses em pesquisa são prospecção tecnológica, gestão e inovação tecnológica na indústria química, análise de cadeias produtivas alternativas com foco em tecnologias verdes e identificação de oportunidades de agregação de valor de resíduos industriais.


FABIO DE ALMEIDA OROSKI

FABIO DE ALMEIDA OROSKI
Engenheiro químico, doutor e mestre em Gestão e Inovação Tecnológica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
Atuou em grandes empresas nas áreas de Estratégia, Marketing e Inovação. 
Atualmente é professor de graduação e pós-graduação da Escola de Química da UFRJ e pós-graduação do Programa de Engenharia Ambiental (PEA) da UFRJ. Ministra disciplinas nas áreas de Inovação Tecnológica, Avaliação Econômica de Projetos Industriais, Bioeconomia e Economia Circular no Sistema Alimentar. Desenvolve pesquisas nas áreas de Economia Circular, Bioeconomia, Perda e Desperdício de Alimentos, Transição Sociotécnica para Sustentabilidade com foco na construção de sistemas de produção e consumo de alimentos e modelos de negócios sustentáveis. Participa de projetos de pesquisa voltados para a valorização de subprodutos e resíduos do sistema agroalimentar, metodologias de quantificação do desperdício alimentar e desenvolvimento de soluções tecnológicas e plataformas digitais de redução do desperdício e compartilhamento de alimentos.

FLORINDA DO NASCIMENTO CERSOSIMO

FLORINDA DO NASCIMENTO CERSOSIMO

Mestre em Ciências - Química Orgânica - pelo Instituto de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro;
Graduada e Licenciada em Química pelo Instituto de Química da UFRJ;
Formação nas áreas de: gestão da qualidade, gestão ambiental, gestão de laboratório e ainda nas de liderança e empreendedorismo;
Professora de Química Orgânica desde 1995 da antiga Escola Técnica Federal de Química, ex-CEFET Química e atual Instituto Federal de Educação do Rio de Janeiro (IFRJ);
Instrutora de Saúde, Meio Ambiente e Segurança (SMS) dos Cursos de Capacitação da Petrobrás.
Membro da Diretoria Regional da Associação Brasileira de Química (ABQ).

FREDERICO ANDERSON PASSOS SCHOENE

FREDERICO ANDERSON PASSOS SCHOENE

Doutor (na área de Síntese de poli (ácido lático) e Mestre (na área de Sensores Poliméricos) em Ciências, em Ciência e Tecnologia de Polímeros, pelo Instituto de Macromoléculas Eloísa Biasotto Mano, UFRJ/RJ (2010) e Gestor Ambiental pela Escola Politécnica da UFRJ/Instituto Brasil PNUMA (2012).
Participou do projeto piloto de Cooperação entre o Estado da Renânia do Norte-Vestfália e o Estado do Rio de Janeiro na área de formação profissionalizante em Polímeros (2009/2010). Graduado em Licenciatura em Química e Bacharel com Orientação Tecnológica em Química pela Fundação Técnico Educacional Souza Marques (1991).
Parceria na área de Química Verde com a Escola Brasileira de Química Verde UFRJ e FAETEC, com desenvolvimento de estratégias de divulgação e trabalhos.

GIULIANO PAULI

GIULIANO PAULI

Graduação (2007), Mestrado (2009) e Doutorado (2014) pela Universidade de São Paulo, Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”.
Atua na iniciativa privada desde 2010 com foco em R&D e Inovação de soluções sustentáveis e liderou lançamentos de novos produtos nos segmentos de: Agronegócio, Óleo e Gás, Biorremediação e Varejo.
Atualmente é diretor de Inovação na SUPERBAC Biotechnology Solutions liderando as áreas de Pesquisa e Desenvolvimento, Inovação, Qualidade, Assuntos Regulatórios e Planta de Reprodução Microbiológica.

 

JORGE CARDOSO MESSEDER

JORGE CARDOSO MESSEDER

Possui graduação em Química Industrial pela Universidade Federal Fluminense (UFF), mestrado e doutorado em Ciências pelo Instituto Militar de Engenharia (IME).
Atualmente é Professor Associado IV do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ).
É Presidente da Associação Brasileira de Química.
É Secretário-Pró da Federação Latino-Americana de Química.
Lattes: http://lattes.cnpq.br/5836221673817388 

JORGE REIS FLEMING

JORGE REIS FLEMING

Possui graduação em Quimica pelo Instituto de Química (1977) e mestrado em Química - Departamento de Química Orgânica (1982).
Atualmente é professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro.
Tem experiência na área de Química, com ênfase em separação, atuando principalmente nos seguintes temas: análise de gases, cromatografia, transformador, análise química e manutenção preditiva, em gestão pública na área financeira do IFRJ.
Foi Diretor financeiro da ABQ e é ex-presidente do CRQ 3a Região - Rio de Janeiro.

JOSÉ CARLOS POLIDORO

JOSÉ CARLOS POLIDORO

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (1994), mestrado em Microbiologia Agrícola pela Universidade Federal de Viçosa (1997) e doutorado em Agronomia (Ciências do Solo) pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (2001), onde realizou o pós-doutorado em Produção Vegetal.
Atualmente é pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, unidade Embrapa Solos.
Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Fertilidade do Solo e Adubação, atuando principalmente nos seguintes temas: Manejo da Fertilidade do solo, Eficiência agronômica de nutrientes na agricultura, métodos de análises de solos e plantas, tecnologias para desenvolvimento de novos fertilizantes.
Atualmente, é presidente do portfolio de PD&I da Embrapa em Suprimentos de Nutrientes para a Agricultura Brasileira e membro do Grupo de Trabalho Interministerial que elabora o Plano Nacional de Fertilizantes e Nutrição de Plantas no Brasil.

LEONARDO MARINHO

LEONARDO MARINHO

Desde seu ingresso na Petrobras em 2008, Leonardo Marinho atua na interface entre as questões ambientais e a construção de poços marítimos nos seus aspectos estratégicos, operacionais, regulatórios e na disseminação de conhecimento do tema.
Atualmente, coordena um grupo de Trabalho de Fluidos de Perfuração do Instituto Brasileiro de Petróleo, tendo participado ativamente na construção de documentos e estudos nesta temática.
É aluno de mestrado do Programa de Engenharia Ambiental da UFRJ, finaliza o curso de especialização em Educação em Química pelo Colégio Pedro II, possui pós graduação executiva (MBE) em meio ambiente pela COPPE/UFRJ. É graduado em química, UFRJ.
Atuou como professor de química na Educação básica e profissionalizante, foi coordenador de laboratório de prestação de serviço analítico em meio ambiente (SENAI, Rio de Janeiro) e pesquisador no Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da Souza Cruz.

LÚCIA HELENA XAVIER

LÚCIA HELENA XAVIER

Pesquisadora Titular no Centro de Tecnologia Mineral (CETEM/MCTI) atuando nas áreas de economia circular, mineração urbana e gestão de resíduos eletroeletrônicos.
Doutorado em Engenharia de Produção pela COPPE/UFRJ. Graduação em Biologia pela UFRJ.
Coordenadora do Projeto DAT4RE (2020-2021) sobre Mineração Urbana de Resíduos Eletroeletrônicos.
Colaborou com o Projeto Tecnologia, inovação e sustentabilidade no cooperativismo: modelo de gestão de resíduos eletroeletrônicos a partir do conceito de mineração urbana (CNPq/SESCOOP) (2018-2021).
Coordenou o projeto de cooperação internacional com o Massachusetts Institute of Technology (MIT e FACEP) sobre gestão de resíduos eletroeletrônicos na Região Metropolitana do Recife (2014-2015).
Autora de 5 livros e co-autora de 7 livros. Artigos científicos publicados na área de mineração urbana, logística reversa e economia circular.

LUIS CARLOS DE ABREU GOMES

LUIS CARLOS DE ABREU GOMES

Formado em Licenciatura Plena e Bacharelado em Química, cursou Especialização em Ensino de Ciências, Especialização em Ensino de Química na PUC – RJ, e Mestrado
Profissional em Ensino de Ciências. 
Professor de Química da rede particular e da rede pública, onde leciona no Colégio Pedro II Campus Engenho Novo II e no Colégio Estadual Paulo Freire (SEEDUC RJ). 
Vice-coordenador Estadual do Programa Nacional Olimpíadas de Química e da Olimpíada Nacional de Ciências, em conjunto com o Prof. Dr. Paulo Chagas do IFRJ Campus São Gonçalo,
Diretor Financeiro da Associação Brasileira de Química e Conselheiro Suplente do Conselho Regional de Química 3ª Região. 
Integra a comissão técnico-científica da ABQ e da Revista Ciências & Ideias (IFRJ).

MARCELO COSTA MUNIZ

MARCELO COSTA MUNIZ

Possui Licenciatura em Física (2012), mestrado (2015) e doutorado (2019) em Biologia Marinha, pela Universidade Federal Fluminense.
Atualmente, Pos-Doc no Laboratório de Radiecologia e Alterações Ambientais presente no Instituto de Física da Universidade Federal Fluminense.
Tem como foco principal a pesquisa em estudos sobre impactos de mudanças climáticas e seus efeitos no solo e recursos hídricos em regiões polares de altas montanhas e na Antártica. Também desenvolve pesquisas sobre estudos multidisciplinares nas áreas de radioecologia, geocronologia, estudos paleoclimáticos e paleoambientais, variabilidade e mudanças climáticas modernas, aplicando técnicas inovadoras, tais como AMS (Accelerator Mass Spectrometry), CSSI (Compound Specific Stable Isotope), FRN (Fallout radionuclides) e MIRS (Mid-Infrared Spectroscopy). Além disso, tem atuado em estudos sobre contaminação marinha (resíduos sólidos e óleo) e fortalecimento de estratégias de conservação de sistemas terra-água em nível de paisagem para a produção sustentável de alimentos na América Latina e países caribenhos.

MARCOS LOPES DIAS

MARCOS LOPES DIAS

Graduado em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1983), doutorado em Ciência e Tecnologia de Polímeros pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1990) e Pós-Doutorado no Politécnico de Milão, Itália (1992).
Atualmente é Professor Titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Vice-Coordenador do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Processamento de Plásticos e Borrachas, Pesquisador nível 1C do CNPq e Cientista do Nosso Estado FAPERJ (2003-2007; 2015-...).
Foi Vice-Diretor do IMA-UFRJ nos períodos de 2007-2009 e 2011-2015.
Tem experiência na área de Química e materiais não-metálicos, com ênfase em Polímeros, atuando principalmente nos seguintes temas: polimerização de olefinas, lactonas e carbonatos cíclicos com catalisadores metálicos (ex. catalisadores Ziegler-Natta, metalocênicos, e de Brookhart), catálise aplicada à preparação de polímeros, reciclagem de PET, polímeros biodegradáveis/poli(ácido lático), biomateriais poliméricos e sistemas poliméricos nanoestruturados/nanocompósitos poliméricos.

PATROCINADORES

CRQ

APOIO