06/08/2018 10:30h : Inovações no ensino: O que realmente é novo?

ALICE RIBEIRO CASIMIRO LOPES

Súmula:
Nas políticas curriculares, frequentemente é afirmado que há necessidade de inovar o ensino. Paradoxalmente, esta inovação é proposta por meio de práticas e textos que remetem a registros que circulam no meio educacional há muitas décadas: competências, interdisciplinaridade, contextualização, objetivos, aprendizagens essenciais. Pretendo discutir esse paradoxo por meio de dois argumentos interconectados: os riscos da centralidade no ensino e a interconexão entre permanência e mudança (inovação).

.

Palestrante: ALICE RIBEIRO CASIMIRO LOPES

Apresentador: Prof. Dr. Raphael Salles Ferreira Silva – IFRJ-Campus Maracanã / ABQ-RJ.

06/08/2018 14:30h : Gestão da escola e qualidade da educação: Perspectivas e desafios.

JORGE NASSIM VIEIRA NAJJAR

Súmula:
Destaca-se a importância da gestão para a consolidação de uma escola cidadã, democrática que tem no compromisso com qualidade social um dos seus principais desafios.

.

Palestrante: JORGE NASSIM VIEIRA NAJJAR

Apresentador: Profa. Dra. Flavia Monteiro de Barros Araujo – UFF / SEMECT de Niterói.

07/08/2018 09:00h : Esta aluna é negra, mas é tão inteligente!

LEONARDO MACIEL MOREIRA

Súmula:
S
ão propostas três dimensões para as discussões sobre relações étnico-raciais em cursos de formação de professores de química:
- a autopercepção do professor perante a realidade multicultural;
- a permanência
dos estudantes das diferentes etnias na licenciatura em química;
- a necessidade de difusão de um currículo de química intercultural.  

.

Palestrante: LEONARDO MACIEL MOREIRA

Apresentador: Prof. Me. Carlos da Silva Lopes – CPII.

07/08/2018 10:00h : Parceria escola universidade na construção de práticas educativas no ensino de Química.

MAURA VENTURA CHINELLI

Súmula:
Tendo como pano de fundo a experiência do PIBID, construir, a partir do reconhecimento dos modos de fazer das equipes que operaram nas escolas – Coordenadores, Supervisores e Licenciandos em Iniciação à Docência – e da avaliação dos resultados dessas ações, a reflexão e o debate desse Programa como política pública que instituiu um modo bem-sucedido para a formação inicial e continuada de professores, em especial de professores de Química, com a produção de inovações educacionais capazes de trazer efetividade e qualidade para a educação básica.

.

Palestrante: MAURA VENTURA CHINELLI

Apresentador: Profa. Dra. Maria de Fátima Vitória de Moura – IQ-UFRN / ABQ.

08/08/2018 09:00h : Perspectivas para o ensino de ciências na escola.

JOSÉ GUILHERME DA SILVA LOPES

Súmula:
O Ensino de Química na Educação Básica vem sendo objeto de reflexões tanto da Comunidade de Pesquisa em Ensino de Ciências e Química, quanto dos professores em exercício. Este debate contribuiu, no primeiro momento, para a construção da proposta da Base Nacional Comum Curricular do Ensino Médio, atualmente, em análise no Conselho Nacional de Educação com impacto na organização do Ensino de Química. Assim, pretendo discutir as perspectivas atuais para o Ensino de Química no Ensino Médio e Fundamental destacando os impactos e demandas da formação acadêmico profissional e continuada de professores de Química.

.

Palestrante: JOSÉ GUILHERME DA SILVA LOPES

Apresentador: Prof. Dr. Joaquim Fernando Mendes da Silva – UFRJ.

08/08/2018 10:00h : Mestrados profissionais em ensino de ciências como propostas para desenvolvimento profissional docente.

MARCUS VINICIUS PEREIRA

Súmula:
Contribuições, desafios e perspectivas dos programas de pós-graduação profissionais da área de ensino de ciências quanto à elaboração do produto educacional e ao desenvolvimento do professor. Avaliação desses programas junto à CAPES e a relação entre o conhecimento produzido na academia e (n)a escola básica.

.

Palestrante: MARCUS VINICIUS PEREIRA

Apresentador: Profa. Dra. Maria Bernadete Pinto dos Santos – UFF.