Palestras

05/11/2019 10:30h : Eletroquímica na química verde para o desenvolvimento sustentável.

Palestra de abertura
Súmula:

Os processos eletroquímicos são inerentemente limpos e ligados aos princípios da química verde além de serem ferramentas importantes no âmbito de desenvolvimento sustentável. As superfícies dos elétrodos permitem controlo da energia dos eletrões transferidos na oxidação e na redução, a seletividade sendo aumentada pelo uso de diferentes materiais de elétrodo e elétrodos modificados, por exemplo por polímeros eletroativos ou nanomateriais. Além da captação de energia solar e armazenamento de energia, serão dados exemplos que incluem a produção de compostos químicos por eletrólise e eletrossíntese, a purificação de água, remoção de contaminantes e proteção contra a corrosão. Uma nova possibilidade é o uso de solventes eutéticos, alternativas verdes e promissoras aos solventes não-aquosos e a líquidos iónicos. Ao mesmo tempo, sensores e biossensores eletroquímicos podem ser usados para a monitorização contínua em processos industriais, para a medição de vestígios de poluentes emergentes, para assegurar a qualidade de alimentos e para fins clínicos.

CHRISTOPHER M.A. BRETT
Palestrante: CHRISTOPHER M.A. BRETT Currículo.

Apresentador: Profa. Dra. Marta Celia Duarte Silva – UFPB / ABQ-PB.

05/11/2019 15:30h : Estudo dos mecanismos redox de antioxidantes, flavonóides e ácidos fenólicos em frutos regionais.

Palestra nacional 2
Súmula:
A detecção de compostos fenólicos em extratos de frutas como açaí, bacuri, buriti, juçara, etc, é de grande interesse para a população, tendo em vista a preocupação de todos com a saúde e a prevenção do envelhecimento precoce, causado pelos danos oxidativos. Métodos como cromatografia líquida de alta eficiência com detecção eletroquímica (RP-HPLC-EC), são utilizados com grande eficiência para detectar esses compostos fenólicos nos extratos de frutas. A capacidade antioxidante total dos extratos das frutas pode ser detectada pelo índice eletroquímico (EI), pelo método de captura de radicais livres, difenilpicrilhidrazil (DPPH), e eficiente de concentração (EC50). Dessa forma, é possível encontrar uma correlação entre os ensaios de índice eletroquímico (EI) e eficiente de concentração (EC50), exibindo o poder antioxidante desses frutos.

ISAIDE DE ARAUJO RODRIGUES
Palestrante: ISAIDE DE ARAUJO RODRIGUES Currículo.

Apresentador: Profa. Dra. Maria de Fátima Vitória de Moura – UFRN / ABQ.

06/11/2019 10:30h : Desarrollo de procesos quimicos a partir de productos naturales.

Palestra internacional 1
Súmula:
Em breve

GRETEL VILLANUEVA RAMOS
Palestrante: GRETEL VILLANUEVA RAMOS Currículo.

Apresentador: Prof. Dr. Marciano Henrique de Lucena Neto – UFCG / ABQ.

07/11/2019 10:30h : Bioeletroquímica de péptidos, proteínas e DNA.

Palestra internacional 2
Súmula:
As implicações que o dano oxidativo, de biomoléculas e complexos de conjugados biomoleculares, pode desempenhar no desenvolvimento de cancro e doenças neurodegenerativas relacionadas com o envelhecimento, são de grande importância para a saúde humana. A investigação dos mecanismos redox do dano oxidativo de péptidos, proteínas e DNA tem sido efetuada através do estudo dos processos eletroquímicos e caracterização por microscopia de força atómica. A possibilidade de previsão e avaliação dos danos causados por compostos tóxicos para a saúde, demonstra a grande relevância dos métodos eletroquímicos como sonda de processos e de importantes interações biológicas.

ANA MARIA COELHO FERREIRA DE OLIVEIRA BRETT
Palestrante: ANA MARIA COELHO FERREIRA DE OLIVEIRA BRETT Currículo.

Apresentador: Profa. Dra. Silvana Carvalho de Souza Calado – UFPE / ABQ.

07/11/2019 15:30h : Energia e o ensino de química: Abordagem a partir da teoria dos perfis conceituais.

Palestra nacional 6
Súmula:
Ensinar o conceito de energia nas aulas de química não é tarefa fácil. Trata-se de uma palavra polissêmica, com desenvolvimento histórico marcado por controvérsias e disputas, além de ter bastante aplicação no cotidiano e em questões místicas e pseudocientíficas. Devido a essas características, podemos entender que existem diferentes modos de pensar a energia, que correspondem a significados que possuem valor pragmático em contextos específicos, ou seja, podemos pensar nesse conceito a partir da teoria dos perfis conceituais. Assim, buscamos apresentar o perfil conceitual de energia, elaborado para contextos de ensino da física e da química, como uma potente ferramenta para a compreensão do conceito, para o planejamento do ensino e para proposição de estratégias didáticas que auxiliem na aprendizagem, considerando o processo de ampliação das zonas do perfil e a tomada de consciência.

JOSÉ EUZEBIO SIMÕES NETO
Palestrante: JOSÉ EUZEBIO SIMÕES NETO Currículo.

Apresentador: Profa. Dra. Marta Celia Duarte Silva – UFPB / ABQ-PB.

08/11/2019 09:30h : Papel da indústria química na indústria 4.0.

Palestra nacional 7
Súmula:
Se empresas que investem em tecnologia de gestão de dados tem lucratividade superior às suas concorrentes, quais são os motivos que seguram empresas brasileiras a realmente entrarem na onda da indústria 4.0? Quais seriam os principais benefícios e desafios para os profissionais das áreas de processo para realmente embarcarem na chamada quarta onda, a revolução dos dados? Casos reais aplicados à indústria química e tendências que podem ser exploradas.

CLAUDIO LUIS MULLER
Palestrante: CLAUDIO LUIS MULLER Currículo.

Apresentador: Prof. Dr. Aldre Jorge Morais Barros – UFCG / ABQ-PB.

08/11/2019 10:30h : Aplicaciones de la bioquímica al estudio de las interacciones planta–patógeno: el caso clavel-Fusarium oxysporum f. sp. dianthi.

Palestra internacional 3
Súmula:
Em breve

HAROLD DUBAN ARDILA BARRANTES
Palestrante: HAROLD DUBAN ARDILA BARRANTES Currículo.

Apresentador: Prof. Dr. Jorge Cardoso Messeder – IFRJ-Nilópolis / ABQ.

Patrocinadores

CapesCFQ

Apoio

Realização

ABQ