Palestras

23/10/2017 19:00hs : Megatendências e Cenários Futuros.

Súmula:

O desenvolvimento de cenários futuros e do mapeamento das megatendências mundiais, são ferramentas para o pensamento estratégico.
A capacidade de pensar estrategicamente é a chave para promover mudanças, inovação e desenvolvimento em corporações, instituições governamentais e na sociedade.

PETER KRONSTROM
Palestrante: PETER KRONSTROM Currículo.

Apresentador: Prof. Leandro Rosa Camacho - Rede Marista / CRQ-V / ABQ-RS

24/10/2017 10:00hs : O uso de polímeros quelantes de metais em aplicações biomédicas.

Súmula:

Neste congresso vamos tratar de dois assuntos relacionados  ao uso de polímeros quelantes de metais (MCPs) em aplicações biomédicas. Ambos envolvem MCPs conjugados a anticorpos. Um tema descreve o desenvolvimento do citômetro de massa (mass cytometry), aparelho que analisa múltiplos parâmetros nas células marcadas com isótopos. O instrumento foi desenvolvido em Toronto e agora é comercializado pela Fluidigm Canadá. Num segundo momento,  abordaremos, o uso de um conjugado MCP-anticorpo como marcador de radionuclídeos nas imagens de tumores em tratamento de câncer. A nossa equipe trabalha focada em câncer de mama e de pâncreas.

MITCHEL WINNIK
Palestrante: MITCHEL WINNIK Currículo.

Apresentador: Profa. Dra. Elsa Lesaria Nhuch – CRQ-V / ABQ.

24/10/2017 11:00hs : Avaliação de robustez em métodos analíticos otimizados empregando planejamento experimental.

Será disponibilizada em breve.

SERGIO LUIZ COSTA FERREIRA
Palestrante: SERGIO LUIZ COSTA FERREIRA Currículo.

Apresentador: Prof. Me. Jorge Cardoso Messeder - IFRJ-Campus Maracanã.

24/10/2017 15:30hs : Eletroquímica Verde.

Súmula:

Na virada do milênio, novas questões passaram a ser consideradas no desenvolvimentos de processos químicos bem como novos materiais. Um cuidado especial passou a existir com métodos de tornar estes procedimentos mais eficientes e menos poluentes, isto é, buscando torna-los sustentáveis, que foram reunidos como princípios da Química Verde. Dentro deste contexto, a Eletroquímica, parte da ciência que trata das reações redox que ocorrem em um interface, é, naturalmente, Verde. Nesta palestras trataremos de diversos aspectos da Eletroquímica como uma ferramenta para armazenamento e conversão de energia de forma limpa ( ou quase limpa) que está a disposição para o desenvolvimento de uma sociedade sustentável.

ERNESTO CHAVES PEREIRA DE SOUZA
Palestrante: ERNESTO CHAVES PEREIRA DE SOUZA Currículo.

Apresentador: Aguardando aceite.

25/10/2017 11:00hs : Biopolímeros nanoestruturados como plataforma para fotônica e biossensores.

Súmula:

Matrizes constituídas por biopolímeros têm sido utilizadas para a fabricação de dispositivos fotônicos principalmente devido às propriedades ópticas favoráveis, biocompatibilidade, propriedades mecânicas interessantes e as incontáveis possibilidades para funcionalização Química. A fibroina da sêda (FS) a celulose bacteriana (CB) vem sendo utilizadas em nosso grupo de pesquisa como plataformas para materiais multifuncionais com aplicações como biosensores e materiais luminescentes. Imunosensores vem sendo produzidos pela montagem camada a camada de filmes contendo anticorpos monoclonais para diferentes alvos como por exemplo a imunoglobulina humana (mAbIMUG), o antígeno da Taenia saginata (cisticercose bovina) e peptídeos antigênicos como aquele utilizado na detecção do anticorpo do vírus da hepatite C [A detecção dos alvos tem sido realizada por técnicas eletroquímicas (voltametria cíclica), elétricas (impedância) ou ópticas (luminescência).  No que envolve aplicações fotônicas a chamada emissão laser DFB (do inglês, Distributed Feedback) foi demonstrada com filmes de FS contendo o corante Rodamina 6G e nanopartículas de sílica e prata. Uma estrutura de Rêde de Bragg foi construída na superfície dos filmes utilizando-se DVD’s comerciais como molde.Os resultados sugerem que filmes de FS são matrizes promissoras para lasers DFB de baixo custo e biocompatíveis.

SIDNEY JOSÉ LIMA RIBEIRO
Palestrante: SIDNEY JOSÉ LIMA RIBEIRO Currículo.

Apresentador: Prof. Dr. Julio Carlos Afonso – IQ-UFRJ / RQI.

25/10/2017 15:30hs : Desafios atuais para a determinação de halogênios.

Súmula:

Os métodos clássicos para a decomposição de amostras e posterior determinação de halogênios por técnicas analíticas diversas (cromatografia de íons, espectrometria atômica, espectrometria de massas com plasma indutivamente acoplado, etc) envolvem o uso de um volume relativamente elevado de reagentes concentrados e um tempo relativamente longo para a digestão. Além disso, a eficiência da digestão empregando estes sistemas apresenta algumas limitações para muitas matrizes. Nesse sentido, mesmo usando métodos baseados em recipientes fechados com aquecimento por microondas, alguns inconvenientes podem ocorrer e decomposições incompletas tem sido freqüentemente relatadas. Sob este aspecto, as principais tendências para o preparo de amostras para a posterior determinação de halogênios serão apresentadas e a utilização de soluções diluídas e a utilização de sistemas de combustão, etc, serão discutidas. Serão apresentadas as aplicações recentes mostrando as vantagens de métodos que utilizam reagentes diluídos (combustão, etc) para a determinação de halogênios empregando técnicas de espectrometria atômica e de cromatografia.

ÉRICO MARLON DE MORAES FLORES
Palestrante: ÉRICO MARLON DE MORAES FLORES Currículo.

Apresentador: Profa. Dra. Maria de Fátima Vitória de Moura – UFRN / ABQ.

26/10/2017 10:00hs : Uso da Cromatografia a Líquido acoplada à Espectrometria de Massas de Alta Resolução (HPLC-HRMS) para a detecção de fármacos e seus produtos de degradação em amostras de água.

Súmula:
Esta palestra visa discutir as diferentes abordagens para a identificação de produtos de degradação (PD) de fármacos em amostras ambientais.  A abordagem clássica para avaliação dessa transformação baseia-se na identificação desses PDs  em experimentos de escala laboratorial para sua posterior detecção e identificação em amostras ambientais.  No entanto, novas abordagens baseadas no uso de métodos de screening usando HPLC-HRMS permitem a detecção de um grande número de PDs sem que seja necessária uma seleção anterior.  Além disso, essa abordagem está baseada na detecção e identificação ao invés de sua caracterização.  A abordagem clássica para avaliação dessas degradações está bem ilustrada no exemplo da fotodegradação do fármaco antiviral Zanamivir onde seus produros de degradação são identificados.  Abordagens inovadoras como suspect screening e non-targeted screening serão discutidas através de exemplos de priorização de fotodegradados de águas superficiais em um meio de contraste iodado através da biotransformação do metabólito humano lamotrigina-N2-glucuronídeo.  Ao final será discutida uma nova abordagem para identificação de PDs (smart suspect screening) baseada na busca de fragmentos de íons em banco de dados por fragmentos.

DAMIA  BARCELÓ CULLERES
Palestrante: DAMIA BARCELÓ CULLERES Currículo.

Apresentador: Aguardando aceite.

26/10/2017 11:00hs : Nanocápsulas biodegradáveis: preparação, funcionalização e aplicações biológicas.

Súmula:

Os nanocarregadores biodegradáveis têm sido estudados como uma alternativa promissora à terapêutica que contribui para expandir as aplicações da nanotecnologia. O controle da distribuição de tamanhos, utilizando métodos de preparação de auto-organização, afeta a biodistribuição e liberação do fármaco. Algumas vantagens dos sistemas nanoparticulados estão relacionadas com a correta entrega do fármaco no local apropriado, reduzindo os efeitos colaterais e aumento do índice terapêutico. A apresentação aborda os aspectos da síntese de nanocápsulas de núcleo lipídico, um tipo original de carregador útil para encapsular fármacos pouco solúveis em água, bem como sua superfície funcionalizada usando uma abordagem inovadora baseada em compostos organometálicos. Exemplos de caracterização físico-química e aplicações biológicas de nanocápsulas de núcleo lipídico com superfície funcionalizadas serão discutidas: i) reconhecimento de LDL (-) e ii) Mucopolissacaridose do tipo I. Em resumo, esta apresentação mostra que as nanopartículas auto-organizadas são dispositivos promissores para a liberação e direcionamento de fármacos. (CNPq, CAPES, FAPERGS).

ADRIANA RAFFIN POHLMANN
Palestrante: ADRIANA RAFFIN POHLMANN Currículo.

Apresentador: Engº Quim. Robério Fernandes Alves de Oliveira - ABQ.

27/10/2017 10:00hs : Políticas públicas da formação de professores de Química: Avanços e retrocessos.

Súmula: 

O ensino da química na Educação Básica passa por sérios problemas no tocante às condições de trabalho dos professores e frente às políticas públicas de formação profissional que vem se desenhando nos últimos anos. Os contextos social, político e econômico do país interferem, sobremaneira, nas práticas formativas da docência, bem como na presença da química no contexto escolar. Pretende-se, portanto, discutir a problemática da formação do professor de química no Brasil, como, também, a presença desta ciência na escola e na sociedade, buscando traçar paralelos da educação científica com a construção da identidade nacional e do desenvolvimento da ciência e da tecnologia no Brasil.

HELDER ETERNO DA SILVEIRA
Palestrante: HELDER ETERNO DA SILVEIRA Currículo.

Apresentador: Prof. Dr. Alvaro Chrispino – CEFET-RJ / ABQ.

27/10/2017 11:00hs : A formação das novas gerações de químicos e o futuro da Química.

Súmula:

Nesta palestra serão abordadas questões sobre a formação das novas gerações de químicos em nossas universidades e como isso pode redefinir o futuro da química no Brasil e no mundo.

ROCHEL MONTERO LAGO
Palestrante: ROCHEL MONTERO LAGO Currículo.

Apresentador: Eng. Quim. Roberio Fernandes Alves de Oliveira – ABQ.

Patrocinadores

Capes CNPQ Renner CRQ-V CFQ FAPERGS

Apoio

UNISC ULBRA UPF Instituto Federal Sul Rio Grandense Universidade FEEVALE PUC Universidade Federal de Pelotas UFPEL UFRGS SENAI TANAC FELLINI TURISMO Convention Visitors Bureau

Realização

ABQ ABQ Regional Rio Grande do Sul